BANCO DE SEMENTES CRIOULAS: estratégias para manutenção e conservação da agrobiodiversidade em comunidades rurais de Amélia Rodrigues, Bahia

Ravel C. de Carvalho, Marina S. de Castro

Resumo


Com o objetivo de incentivar e fomentar iniciativas de resgate, conservação e uso de sementes entre outros materiais propagativos de variedades crioulas, tradicionais ou locais, foi implantado em agosto de 2018, o Banco de Sementes Crioulas do Centro de Agroecologia Rio Seco (BSC/CEARIS) da UEFS - Universidade Estadual de Feira de Santana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.