FLORES DO CAMPUS: REPRESENTAÇÃO GRÁFICA DA DIVERSIDADE FLORÍSTICA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA

Luma Oliveira Silva Ornellas

Resumo


Este estudo se propõe a destacar a ilustração científica, os trabalhos botânicos em especial, como instrumento pedagógico com sua linguagem voltada para a valorização da flora da caatinga. O potencial paisagístico dessas espécies vegetais pode então ser afirmado na busca de ressaltar a estética do semiárido. O método inicial de observação, coleta e identificação das espécies almejadas culmina na criação das pranchas com as ilustrações científicas de aspectos anatômicos fidedignos. Método que será aplicado na oficina voltada para estudantes do ensino médio e fundamental, denominada “Ilustração científica: o desenho como ferramenta de representação da flora”. Como resultado, foram indicadas a Stigmaphyllon paraliase e Croton heliotropiifolius como possibilidades paisagísticas oriundas da Caatinga, ressignificando assim o olhar sob a biodiversidade local, celebrando esse patrimônio natural brasileiro.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/asppdci.v1i13.4660

Apontamentos

  • Não há apontamentos.