VI(VER) A PAISAGEM CULTURAL: O ARTESÃO DO COURO NO CENTRO DE ABASTECIMENTO DE FEIRA DE SANTANA.

Gabriele Alexandre de França

Resumo


Nas transformações da paisagem cultural, cada cidadão, é um leitor da paisagem e tem vastas associações com alguma parte de sua cidade, e a imagem de cada um está impregnada de lembranças e significados. Este artigo busca analisar, no Centro de Abastecimento da cidade de Feira de Santana, a paisagem cultural relacionada ao artesão do couro, por meio da revisão bibliográfica acerca da paisagem cultural, tendo como objeto de estudo imagens extraídas de uma reportagem da Digitaltvbr cine vídeos produções e a questão do apagamento de rastros no processo de esquecimento da identidade do sertanejo diante do processo de modernização da cidade. Na análise da percepção da paisagem cultural será dado um recorte na atualidade, do ofício de artesão do couro no Centro de Abastecimento de Feira de Santana, patrimônio cultural imaterial, que mesmo diante das políticas de valorização e preservação do mesmo, está em vias de desaparecimento. As motivações para o desenvolvimento desta pesquisa partiram da constatação da escassez de pesquisas voltadas sobre o patrimônio cultural imaterial da cidade de Feira de Santana, das políticas públicas de reconhecimento desse patrimônio e da necessidade de tratar da valorização e salvaguarda, reconhecendo o lugar onde se vive como pertencimento e identidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/asppdci.v0i14.5025

Apontamentos

  • Não há apontamentos.