O MÉTODO ICONOGRÁFICO COMO FERRAMENTA PARA ANÁLISE E INTERPRETAÇÃO DOS TEXTOS MULTIMODAIS PRESENTES EM AVALIAÇÕES DE LÍNGUA ESPANHOLA.

Denise Pereira da Silva

Resumo


Este artigo é fruto das pesquisas desenvolvidas no mestrado em Desenho, Cultura e Interatividade e tem como tema o estudo do uso do método iconológico como ferramenta facilitadora na leitura das imagens presentes nas avaliações de língua espanhola. Para tanto, tomamos como corpus as questões do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), dos anos de 2013 e 2015. Este trabalho se justifica dado o uso cada vez mais intenso de textos multissemióticos em avaliações, exames, livros didáticos, e na mídia em geral. Porém, na contramão desta constatação, ainda não se verifica uso e emprego de métodos para a compreensão destes textos no âmbito do ensino de língua estrangeira, no caso aqui especificamente do espanhol. Diante desse panorama, e visando contribuir para uma melhor práxis educativa, buscamos entender o conceito de imagem, e seu uso nas questões avaliativas, em seguida apresentamos o método iconológico - também conhecido como método de Panofsky (1932), o qual fornecem subsídios para a leitura imagética e posterior resolução das questões. Entendemos que, da mesma forma que é necessário aprender a ler os signos fônicos, também a leitura e interpretação de imagens perpassa por um aprendizado – a chamada, educação visual. Assim que, propomos, aqui, o uso da iconologia como uma das possíveis pontes entre a imagem e a sua leitura.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/asppdci.v0i14.5038

Apontamentos

  • Não há apontamentos.