O DESENHO INFANTIL COMO PRÁTICA DA LIBERDADE

Autores

  • Carine de Jesus Nascimento
  • Nataly Ferreira Costa dos Santos
  • Gláucia Maria Costa Trinchão

Resumo

O presente trabalho visa refletir sobre o desenho infantil enquanto uma prática libertária para a criança, para isto, partindo pesquisa bibliográfica, com cunho qualitativo, nos apoiamos em estudiosos do desenho infantil (MOREIRA, 2008; SANS, 2014), potencial criativo (DERDYK, 2015), imaginário (STRONGOLI, 1996) e saberes da criança (FREIRE, 2000). Durante tal estudo foi perceptível que o ato de desenhar favorece à criança, estimulando a autonomia, criatividade e (re)construção de conhecimentos.

Downloads

Publicado

2022-04-21