Aspectos da argumentação e da recategorização metafórica no gênero sermão oral

Max Silva Da Rocha, Maria Francisca Oliveira Santos

Resumo


Os estudos da referenciação apresentam uma nova proposta teórica de analisar como um mesmo objeto de discurso (referente) é representado na mente dos interlocutores por meio de um texto. Essa representação é de ordem sociocognitiva e, por isso, requer um conhecimento de mecanismos cognitivos adquiridos e construídos nas relações sociais. Diante disso, esse trabalho objetiva realizar uma análise acerca da argumentação e da recategorização metafórica no gênero Sermão oral, procurando compreender como um mesmo referente, construto fundamental para a produção dos sentidos, evolui durante o texto oral. Por argumentação, compreendem-se as tentativas de convencer e persuadir o outro no plano das emoções; por recategorização, entende-se um contínuo processo cognitivo-discursivo de transformação dos referentes ao longo de um texto oral ou escrito; por Sermão oral, entende-se um discurso religioso, que tem como objetivo persuadir os ouvintes a respeito de uma determinada ideologia. O trabalho apoia-se nos pressupostos da Linguística Textual, numa vertente sociocognitivo-discursiva, que trata o texto como um processo de múltiplas faces. Por isso, embasa-se nos referenciais teóricos de Custódio Filho (2011, 2012, 2017), Cavalcante, Custódio Filho e Brito (2014), Fiorin (2017), Marcuschi (2008), Mondada e Dubois (1995), Koch (2004, 2017), Lima (2007), Silva (2013), entre outros. Para realizar as análises, optou-se por um Sermão oral, a fim de identificar os usos dos argumentos, além de verificar como um mesmo referente é apresentado e recategorizado metaforicamente durante a celebração religiosa cristã. O foco da análise é o domínio religioso cristão, mais precisamente, um Sermão oral, proferido por um informante de uma denominação cristã, localizada no agreste alagoano. As análises puderam evidenciar que um mesmo referente sofreu transformações ao decorrer da argumentação. Além disso, percebeu-se que a recategorização metafórica, enquanto construção dinâmica apresentou-se no plano do discurso de maneira crescente e decrescente para a construção do sentido.


Texto completo:

PDF

Referências


CAVALCANTE, Mônica Magalhães; CUSTÓDIO FILHO, Valdinar; BRITO, Mariza Angélica Paiva. Coerência, referenciação e ensino. São Paulo: Cortez Editora, 2014.

CUSTÓDIO FILHO, Valdinar. Múltiplos fatores, distintas interações: esmiuçando o caráter heterogêneo da referenciação. 330p. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.

CUSTÓDIO FILHO, Valdinar. Rediscutindo o princípio de construção negociada dos objetos de discurso. Revista de Letras, Fortaleza/CE, v. 2, n.36, p.63-77, jul./dez. de 2017.

FIORIN, José Luiz. Argumentação. São Paulo: Contexto, 2017.

KOCH, Ingedore. Introdução à linguística textual. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2017.

LIMA, S. M. C. Recategorização metafórica e humor: uma proposta classificatória. In: CAVALCANTE, M. M. et al. (Orgs.). Texto e discurso sob múltiplos olhares: referenciação e outros domínios discursivos. 2. ed. Rio de Janeiro: Lucerna, 2007. p. 74-103.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Análise da Conversação. 5. ed. São Paulo: Editora Ática, 2003.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

MONDADA, Lorenza; DUBOIS, Danièle. Construction des objets de discours et categorisation: une approche des processus de référenciation. In: BERRENDONNER, A. e M-J REICHLER-BEGUELIN (eds). 1995, pp. 273-302.

MOREIRA, H. CALEFFE. L. G. Metodologia da pesquisa para o professor pesquisador. 2. ed. São Paulo: DP&A, 2008.

PERELMAN, Chain, OLBRECHTS-TYTECA, Lucie. Tratado da argumentação: a nova retórica. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

SILVA, Lucas Nascimento. O orador Jesus Cristo e suas técnicas argumentativas: um estudo retórico no Sermão do Monte. Dissertação de Mestrado. Universidade do Estado da Bahia. Departamento de Ciências Humanas. Orientador: Gilberto N. Telles Sobral. Salvador, 2013.

REBOUL, Olivier. Introdução à retórica. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

ROCHA, Max Silva da; SANTOS, Maria Francisca Oliveira. Análise retórica do gênero discursivo sermão oral. Polifonia, Cuiabá/MT, v. 25, n.37.1, p.88-106, jan./abr. de 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v19i2.3572

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Universidade Estadual de Feira de Santana

A Cor das Letras está indexada em: 
 
 

A Revista A Cor das Letras está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSNe 2594-9675 
ISSN-L 1415-8973