A Sociolinguística Educacional na formação do professor: crenças e atitudes linguísticas de acadêmicos de Letras

Thiago Leonardo Ribeiro, Vera Maria Ramos Pinto

Resumo


Os documentos oficiais de ensino, como os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN/1998), orientam que o ensino de língua portuguesa nas salas de aula deve levar em consideração a abordagem da variação linguística juntamente com o ensino da gramática normativa. Desse modo, é necessário que os professores de Língua Portuguesa (LP) tenham consciência da diversidade da nossa língua e conheçam a realidade linguística dos seus alunos, para não possibilitar a eles apenas o conhecimento da norma padrão. Diante disso, com base em estudos teórico-metodológicos de Bortoni-Ricardo (2004, 2005), Cyranka (2007, 2014, 2015, 2016), Coelho et al (2010, 2015), Faraco (2008, 2015), Lambert e Lambert (1972), Gómez Molina (1987), Santos (1996), entre outros, neste artigo, apresentamos  as crenças e atitudes linguísticas de acadêmicos que ingressam nos cursos de Letras  sobre a visão do ensino de Língua Portuguesa, sobretudo, no que diz respeito à abordagem da variação linguística nas aulas de LP, com base na pesquisa de doutorado de Pinto (2018), cuja tese defendida é a de que, na formação inicial do docente de Letras, além do conhecimento teórico-científico e metodológico sobre e como lidar com a variação linguística no contexto escolar, é preciso que os professores sejam mediadores na construção da consciência linguística desses futuros docentes.

Texto completo:

PDF

Referências


AGUILERA, V. de A.. Crenças e atitudes lingüísticas: o que dizem os falantes das capitais brasileiras. In: Estudos lingüísticos, São Paulo, 37 (2): 105-112, mai-ago. 2008. Disponível em: . Acesso em: 29 ago. 2017.

ALMEIDA BARONAS, J. E.; MARQUES, T. M.. Crenças e atitudes linguísticas na sala de aula. In: Linguasagem (São Paulo), v. 24, p. 154-387, 2015. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2016.

BAGNO, M.. A língua de Eulália: novela sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2008.

BARCELOS, A. M. F.. Cognição de professores e alunos: tendências recentes na pesquisa de crenças sobre ensino e aprendizagem de línguas. In: Crenças e Ensino de Línguas: Foco no professor, no aluno e na formação de professores. Campinas, SP: Pontes Editores, 2006.

BEZERRA, B. G.. Precisamos de professores (bem) formados em Letras? In: Informativo Parábola Editorial. São Paulo. Ano XVI. 2017. 6ª edição.

BORTONI-RICARDO, S. M.. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola Editorial, 2004.

BORTONI-RICARDO, S. M.. Análise e diagnose de erros no ensino da língua materna. In: BORTONI-RICARDO, S. M.. Nós cheguemu na escola, e agora? Sociolinguística e educação. São Paulo: Parábola, 2005. p. 53-59.

BORTONI-RICARDO, S.M. Subsídios da Sociolinguística educacional. In: Revista Educação, publicação especial nº 2. São Paulo: Editora Segmento, 2010.

BORTONI-RICARDO, S. M.. Contribuições da Sociolinguística Educacional para o processo ensino e aprendizagem da linguagem. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2016.

BORTONI-RICARDO, S. M.; FREITAS, V. A. de L.. Sociolinguística Educacional. In: HORA, D. da; et al (orgs.) Abralin: 40 anos em cena. João Pessoa: Editora Universitária, 2009.

BRASIL. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa. Brasília: MEC/ SEF, 1998. Disponível em: . Acesso em: 30 out. 2014.

CARRARO, F. P.. Crenças e atitudes linguísticas: um estudo sobre a língua espanhola como língua estrangeira. Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO, Guarapuava, 2016. Dissertação de Mestrado. Disponível em: . Acesso em: 15 abr. 2016.

COELHO, I. L.; et al. Sociolinguística. Florianópolis: LLV/CCE/UFSC, 2010. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2014.

CORBARI, C. C.. Crenças e Atitudes Linguísticas de Falantes de Irati (PR). Signum: Estud. Ling. nº 15/1, p. 11-127, Londrina: 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2017.

CYRANKA, L. F. de M.. Atitudes lingüísticas de alunos de escolas públicas de Juiz de Fora. – MG. 2007. 174 f. Universidade Federal Fluminense, Niterói, 2007. Tese de Doutorado. Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2015.

CYRANKA, L. F. de M.. Avaliação das variantes: atitudes e crenças em sala de aula. In: MARTINS, M. A.; VIEIRA, S. R.; TAVARES, M. A.. (Orgs). Ensino de português e sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2014.

CYRANKA, L. F. de M.; et al. Variação linguística na escola: desafios e possibilidades. In: Interdisciplinar. Ano IX, jan./jun. 2014. Itabaiana/SE. p. 73-94. Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2016. Tem que ver qual aparece primeiro pra colocar a e b

CYRANKA, L. F. de M.. A pedagogia da varição lingüística é possível? In: ZILLES, A. M. S.; FARACO, C. A.. Pedagogia da variação linguística: língua, diversidade e ensino. São Paulo: Parábola Editorial, 2015. p. 31-51.

CYRANKA, L. F. de M.. Sociolinguística aplicada à educação. In: MOLLICA, M. C.; FERRAREZI JUNIOR, C.. (Org.). Sociolinguística, Sociolinguísticas. São Paulo: Editora Contexto, 2016.

DIAS, P. M. C. R.. Contribuições da sociolinguística educacional para materiais de formação continuada de professores de língua portuguesa. 2011. 323 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

EMIDIO, D. E.. Processo de conscientização do futuro professor de língua inglesa sobre as especificidades de se aprender inglês para ensinar. 2007. 126 f. Dissertação (Mestrado) -- Universidade Federal de São Carlos, UFSCar, São Carlos, 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2017.

ERICKSON, F. Transformation and School Success: the Politics and Culture of Educational Achievement. In: Anthropology & Education Quartely. Vol. 18, n. 4, 1987.

¬¬FARACO, C. A.. Norma culta brasileira: construção e ensino. In: ZILLES, A. M. S.; FARACO, C. A.. Pedagogia da variação linguística: língua, diversidade e ensino. São Paulo: Parábola Editorial, 2015. P.19-29.

¬¬FARACO, C. A.. História sociopolítica da língua portuguesa. 1. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

FARACO, L. C.; ZILLES, A. M. S.. Pedagogia da variação linguística. São Paulo: Parábola Editorial, 2015.

GÓMEZ MOLINA, J. R.. Actitudes lingüísticas en una comunidad bilíngüe y multidialectal: area metropolitana de Valencia. Anejo n. XXVIII dela Revista Cuadernos de Filología. Valencia, Universitat de Valencia, 1987.

LABOV, W.. Sociolinguistic Patterns. Pennsylvania: University of Pennsylvania Press, 1972.

LABOV, W.. Padrões Sociolinguísticos. Trad.: Marcos Bagno; Marta Scherre e Caroline Cardoso. São Paulo: Parábola, 2008.

LAMBERT, W. E.. A Social Psychology of Bilingualism. [1967] In: PAULSTON, C. B.; TUCKER, G. R. (orgs.). Sociolinguistics: the essential readings. Malden, MA: Blackwell Publishing, 2003.

LAMBERT, W. W.; LAMBERT, W. E.. Psicologia Social. Rio de Janeiro: Zahar editores, 4 ed. 1972. Tradução de Dante Moreira Leite.

LIBÂNEO, J. C.. Pedagogia e pedagogos: para quê? São Paulo: Cortez, 1998.

MATTOS E SILVA, R. V.. Diversidade linguística, língua de cultura e ensino de português. In: O português são dois: novas fronteiras, velhos problemas. São Paulo: Parábola, 2004. p. 27-36.

MONTEIRO, J. L.. Para compreender Labov. Petrópolis: Vozes, 2000.

PINTO, V. M. R.. Por uma educação eociolinguística consciente nos cursos de Letras. 2018. 251 f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2018.

SANTOS, E.. Certo ou errado? atitudes e crenças no ensino da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Graphia, 1996.

SILVA, F. B.; BOTASSINI, J. O. M.. Crenças e Atitudes Linguísticas: o que pensam os alunos de Letras sobre o ensino de Língua Portuguesa. In: Letras & Letras (Online), v. 31/2, 2015. Disponível em: . Acesso em: 05 set. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v19i3.3574

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Universidade Estadual de Feira de Santana

A Cor das Letras está indexada em: 
 
 

A Revista A Cor das Letras está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSNe 2594-9675 
ISSN-L 1415-8973