O apagamento do /s/ pós-vocálico numa favela do Rio de Janeiro

Edvan Pereira Brito

Resumo


Este artigo faz uma análise sociolinguística do apagamento do /s/ pós-vocálico em final de palavra na fala de moradores da Cidade de Deus, bairro majoritariamente negro localizado na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. O corpus é composto por dezessete entrevistas realizadas no ano de 2015 com vinte e duas pessoas. Na análise quantitativa foram incluídas seis variáveis linguísticas (vogal precedente, contexto seguinte, tonicidade, número de sílabas, classe gramatical, e palavra, como efeito aleatório) e seis variáveis sociais (idade, sexo, raça ou cor, origem regional, nível de escolaridade e falante, como efeito aleatório). Os dados foram analisados por regressão logística usando o programa RBrul, cujo resultado revelou que todas as variáveis linguísticas foram selecionadas como significantes para o apagamento do /s/. Entre as variáveis sociais, apenas faixa etária, nível de escolaridade e falante ficaram nesta categoria. Este artigo contribui para a área de estudos de variação sociolinguística do português brasileiro com uma análise de dados linguísticos oriundos de um tipo de comunidade que não tem recebido muita ênfase nesta área e com uma abordagem metodológica inovadora que inclui a identidade racial e a origem regional dos participantes como fatores importantes para se compreender a realidade linguística destas comunidades urbanas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/cl.v21i1.4988

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Universidade Estadual de Feira de Santana

A Cor das Letras está indexada em: 
 
 

A Revista A Cor das Letras está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSNe 2594-9675 
ISSN-L 1415-8973