O objeto nulo em cartas pessoais do século XX: um estudo sociolinguístico-histórico

Autores

  • Deyse Edberg Ribeiro Silva Gama Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Antonio Marques de Sousa Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.13102/cl.v22i1.5619

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar uma análise sociolinguístico-histórica do Objeto Nulo com base em cartas escritas por brasileiros e portugueses do início do século XX. Para tanto, realizamos uma análise que conjuga tanto aspectos linguísticos quanto extralinguísticos para poder traçar o perfil social desses escritores. Observamos, assim, as diferenças não só quantitativas como também qualitativas em relação à distribuição do Objeto Nulo pelas cartas brasileiras e portuguesas. Isso quer dizer que não só esperamos mais Objetos Nulos em PB do que PE como também esperamos que os contextos de licenciamentos sejam diferentes em tais variedades, podendo até mesmo encontrar Objeto Nulo em contextos de ilhas sintáticas no PB, já que muitos estudos mostram que, nessa variedade, tais contextos podem licenciar o Objeto Nulo, desde que certos aspectos discursivo-pragmáticos sejam assegurados.

 

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Deyse Edberg Ribeiro Silva Gama, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Instituto de Letras / Pós-graduação em Letras Vernáculas

Antonio Marques de Sousa, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Instituto de Letras / Pós-graduação em Letras Vernáculas

Referências

COSERIU, E. Teoria del lenguage y linguística general: cinco estúdios. Madri: Biblioteca Românica Hispánica/ Editorial Gredos, 1973.

CONDE SILVESTRE, J. C. Sociolinguística histórica. Madrid, Gredos, 2007.

CYRINO, S. O ON no português do Brasil – um estudo sintático-diacrônico. Tese de doutorado, Unicamp, 1994.

CYRINO, S.; MATOS, G. Null Objects and VP Ellipsis in European and Brazilian Portuguese. In: The Handbook of Portuguese Linguístics. Wiley Blackwell, 2016, pp. 295-316.

CYRINO, S. M. L. ; DUARTE, M. E. L.; KATO; M. A. Visible subjects and invisible clitics in Brazilian Portuguese. In: KATO, M. A; E. V. NEGRÃO (Org). Brazilian Portuguese and the Null Subject Parameter. 1º ed. Frankfurt am MIN/Madrid: Vervuert/Iberoamericana, 2000. P. 55-73.

DUARTE, I. E COSTA, J. ON. In PAIVA, RAPOSO et al. (eds). Gramática do Português, vol II: 2339-2348. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. 2013.

KABATEK, J. Las tradiciones discursivas do español medieval: historia de textos e historia de la lengua. In: Iberoromania: Revista dedicada a las lenguas y literaturas iberorrománicas de Europa y América, 2005, pp. 28-43.

LABOV, W. Principles of Linguistic Change, V. II: Social Factors, 2001.

MATEUS, M. H. M. et al. Gramática da Língua Portuguesa. 7º Ed. Lisboa: Editorial Caminho, 2003.

RAPOSO, E. P. On the Null Object in European Portuguese. In: JAEGGLI, O. and SILVA-CORVALÁN (Orgs). Studies in Romance Linguistics. Foris. Dordrecht. 1986.

SAUSSURE, F. de. Curso de Linguística Geral. 4ª ed. São Paulo: Cultrix, 1916 [1972].

SILVA, E. N. Cartas amorosas de 1930: o tratamento e o perfil sociolinguístico de um casal não ilustre. Dissertação de Mestrado em Língua Portuguesa – Faculdade de Letras. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2012.

TARALLO, F. A pesquisa Sociolinguística. 5. Ed. São Paulo: Ática, 1997.

WEINREICH, U; LABOV, W; HERZOG, M. I. Fundamentos empíricos para uma teoria da mudança linguística. Tradução de Marcos Bagno. São Paulo: Parábola Editorial, 1968 [2006].

Downloads

Publicado

2021-07-20

Como Citar

Gama, D. E. R. S., & Sousa, A. M. de. (2021). O objeto nulo em cartas pessoais do século XX: um estudo sociolinguístico-histórico. A Cor Das Letras, 22(1), 401–426. https://doi.org/10.13102/cl.v22i1.5619

Edição

Seção

Artigos em Fluxo Contínuo