A Cor das Letras

Chamadas

 

Antes de submeter seu texto, leia atentamente as seções Foco e Escopo da Revista e Diretrizes para autores http://periodicos.uefs.br/index.php/acordasletras/abou

 

CHAMADA PARA O VOLUME 22 (2021), Número 3

 

Dossiê temático: 

Um Jorge Amado para o século 21: leitores, narração, identidade, humanismo e mundos ficcionais


Organização: 

Adeítalo Pinho (UEFS)

Eduardo Coutinho (UFRJ/CNPq)

Gildeci Leite (UNEB)

 

Período de submissão:

01 de outubro de 2020 a 30 de março de 2021

 

Publicação: agosto de 2021

 

Ementa: 

A ideia de mundos ficcionais vem da obviedade de que Jorge Amado criou mais do que obras de Literatura. Ele inventou uma cosmovisão, um panteão de personagens, uma geografia literária rica e complexa, inspiradora de formas de comportamento e dicções de pensamento. A diferença é que esta cosmovisão tem correspondência com um mundo existente e potente, cifrado pela hegemonia, considerado indigno e rebaixado durante algum tempo da nossa existência histórica. Os tempos atuais não suportam mais preconceitos, inferiorizações e intolerância. Tais cifras causam todo tipo de descaminhos, desvantagem, incompreensão, dores e, o que é pior, invisibilidades. Literatura é resistência. Não há dúvida de que os esforços do discurso hegemônico prejudicam até a fixação de uma nacionalidade, haja vista a grandeza e extensão da obra amadiana. A partir de um espírito de renovação e reversão de leituras críticas, convocamos e desafiamos autores a contribuírem com artigos críticos cuja investigação esteja dedicada a obra desse mestre baiano e da Literatura mundial. Obviamente, não abdicamos da crítica contraditória, desde que afinada aos horizontes críticos e teóricos do século 21.

____________________________________________

CHAMADA PARA O VOLUME 22 (2021), Número Especial 

 

Dossiê temático: 

Corpo e espaço hoje: que discursos enunciam?

 

Organização: 

Lucas Nascimento (UEFS)

Marisa Martins Gama Khalil (UFU/CNPQ)

Márcia Valéria Cozzani (UFRB)

 

Período de submissão:

01 de agosto de 2020 a 30 de junho de 2021

 

Publicação: dezembro de 2021

 

Ementa: 

A proposta deste dossiê em Estudos Discursivos é problematizar a relação corpo e espaço na atualidade, considerando seus diversos modos de enunciar, sejam como objetos distintos e inter-relacionados ou como um único objeto discursivo que se constitui não de modo dicotômico, mas nas múltiplas formas de se manifestar na dispersão dos discursos. Seja qual for a perspectiva, entendemos que não é possível pensar um sem o outro, mas importa dar visibilidade a uma dobra, ao movimento de um no/pelo outro, atravessado pela rápida temporalidade do aqui-agora. Nos corpos e espaços, inscrevem-se valores, leis, regras, normas que delineiam verdades, produzem subjetividades, acusando cada movimento realizado, cada percepção dos acontecimentos, cada instância de diferenciação, agrupamento e delimitação. Corpo nu, negro, feminino, trans, violentado, mascarado, infame, docilizado, indignado, nas mídias, nas ruas, nas instituições. Por qualquer perspectiva discursiva, tomemos este desafio, em tempos de pandemia, de isolamento social, de medos que insurgem, de dar visibilidade aos discursos que enunciam esses corpos e espaços hoje.

____________________________________________

CHAMADA PARA O VOLUME 22 (2021), números 1, 2 e 3

Número 1: Estudos Literários (Prazo para submissão dos originais até 30/09/2020)

Número 2: Estudos Linguísticos e Filológicos (Prazo para submissão dos originais até 30/11/2020)

Número 3: Ensino-aprendizagem de Línguas e Literaturas (Prazo para submissão dos originais até 28/02/2021)