USO DE MÉTODOS NÃO FARMACOLÓGICOS NO TRABALHO DE PARTO E PARTO

Autores

  • Nattman Cardoso Mendes Graduanda em Enfermagem Universidade Estadual de Feira de Santana.
  • Iago Barbosa Ribeiro
  • Hortência Lima Almeida
  • Elielma Almeida Alvin de Melo
  • André Henrique Almeida do Vale

DOI:

https://doi.org/10.13102/coego.v0i1.4809

Resumo

Eixo Temático: Práticas de cuidado
Introdução: As práticas integrativas e complementares são utilizadas por diferentes povos e culturas durante o cuidado e manutenção da vida visando à recuperação da saúde do individuo. A utilização de tais práticas durante o trabalho de parto e parto é crescente no cenário obstétrico tendo em vista que estas medidas promovem a redução da dor, relaxamento e respeito à mulher, ao feto e aos seus acompanhantes durante esse processo tão lindo e único da vida. Sua utilização possibilita a substituição de medidas farmacológicas, principalmente no alivio da dor, sempre com o intuito de tornar esse processo o mais fisiológico possível.

Downloads

Publicado

2019-10-10