OUSAR COMPREENDER PRÁTICAS OBSTÉTRICAS NA PERSPECTIVA FENOMENOLÓGICA HEIDEGGERIANA

Autores

  • Mariana Silveira Leal Mestrado Profissional em Enfermagem/UEFS
  • Rita de Cássia Rocha Moreira
  • Ramaiana de Jesus Gonzaga Cavalcante
  • Camila Curcino Santos
  • Keila Cristina Costa Barros

DOI:

https://doi.org/10.13102/coego.v0i1.4819

Resumo

Eixo Temático: Práticas de Cuidado
Introdução: práticas são os modos de fazer determinada ação, em saúde, remete-se ao cuidado com indivíduo. Diariamente, milhares de partos ocorrem no Brasil, no entanto, conforme a cultura e o meio em que a mulher-mãe esteja inserida, seu trabalho de parto e parto poderá ser vivenciado com intensidade, refletindo em sua existencialidade. De igual modo, como as alterações hormonais propiciam maior sensibilidade aflorando as emoções, a humanização é uma prática singular à mulher em transcurso parturitivo. Objeto de estudo: sentidos de práticas obstétricas realizadas na atenção à parturiente no Centro Obstétrico de um Hospital Público da Bahia, na ótica de puérperas e profissionais de saúde. Questionamento de pesquisa: Quais os sentidos de práticas obstétricas realizadas na atenção à mulher no Centro Obstétrico em um Hospital Público da Bahia, na ótica de puérperas e profissionais de saúde?

Downloads

Publicado

2019-10-10