Sobre a Revista

Foco e Escopo

Légua & Meia é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Estudos Literários da Universidade Estadual de Feira de Santana. Trata-se de um periódico científico que publica trabalhos nas áreas de Literatura e Diversidade Cultural. O primeiro número foi publicado em 2002 e, ao longo de 15 anos, foram publicados 7 volumes impressos, com versões digitais. A partir de 2017, a Légua & Meia passou a integrar o Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas, tornando-se inteiramente online

Antiga unidade brasileira de medida itinerária, a légua equivale a 6.600 metros. Na cultura popular, essa medida ganha formulações diversas e agrega sentidos figurados. Assim é que, registra o Dicionário Aurélio, o homem da roça chama de légua de beiço a uma distância abstrata, subestimada na forma de um “ali”, com o beiço inferior distendido numa determinada direção; fala-se às léguas ou às sete léguas, para indicar pressa, fuga rápida; e expressa-se, ainda, a medida de légua e meia, a significar distâncias muitas, longos percursos.

Légua & meia – composição sonora, expressiva, fincada no horizonte da cultura popular, ao mesmo tempo precisa e aberta às tantas outras léguas de ontem e de hoje que buscam divisar distâncias objetivas e imaginárias. Tomamos esse título emprestado: se não diretamente da língua saborosa do povo, ele nos veio através da denominação de um jornal de arte e cultura, editado nos anos oitenta em Feira de Santana, pelas Edições Cordel, sob a direção de Juraci Dórea e Antonio Brasileiro, a quem agradecemos aqui pela gentileza em ceder o título à nossa Revista, Légua & meia.

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação de trabalhos submetidos para publicação na Revista A Cor das Letras se dá em duas instâncias.

Na primeira, o trabalho é analisado pelos editores ou organizadores do número temático da Revista, que fazem uma avaliação preliminar da pertinência do conteúdo apresentado em relação ao tema proposto e à política editorial da Revista e da adequação da redação ao gênero proposto e às normas de publicação exigidas; nessa etapa, o trabalho pode ser rejeitado ou encaminhado para avaliação de dois pareceristas.

Na segunda instância, o trabalho – sem identificação de autoria – é submetido à avaliação de dois pareceristas, membros do Conselho Editorial ou pareceristas ad hoc. Somente são publicados os trabalhos aprovados pelos dois pareceristas, e se atendidas pelo autor, quando houver, as modificações solicitadas. Havendo divergência entre os dois pareceres, um terceiro é solicitado. A avaliação dos trabalhos será feita por pesquisadores especialistas de notório saber na área do artigo submetido. 

Os critérios de avaliação dos artigos incluem: originalidade, inovação, contribuição para a área de conhecimento, adequação metodológica, clareza e atualidade.

Os trabalhos serão avaliados num prazo máximo de 60 dias. 

Periodicidade

Em 2017, a revista Légua & Meia passou a ser uma publicação exclusivamente online e continua sendo uma publicação anual. 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

Fontes de Apoio

Histórico do periódico

A Revista Légua & Meia foi criada em 2002 em sua versão impressa. A partir de 2004, a revista passa a disponibilizar o conteúdo também em forma digital em site próprio. A publicação matém uma tradição editorial de alta qualidade na forma e impressa e segue a mesma lógica no formato digital. A partir de 2018, a revista passou a ser publicada apenas no formato digital indexado ao Portal de Periódicos da UEFS>