A crônica de Lulu Parola: a cidade de Salvador e o projeto de modernização

Alana de Oliveira Freitas El Fahl

Resumo


O presente artigo analisa parte da produção do cronista baiano Lulu Parola, pseudônimo do jornalista Aloísio de Carvalho (1866-1942). Este trabalho tem a intenção de deter-se sobre os textos do autor produzidos à luz das reformas urbanas realizadas em Salvador no início do século XX, observando como tal evento histórico motivou a escrita do autor.

Palavras-chave


Lulu Parola; Reformas urbanas; Salvador

Texto completo:

PDF

Referências


CALMON, Pedro. Edição comemorativa do centenário de Lulu Parola. Jornal A Tarde, 27-03-1966.

CARVALHO, Aloísio Lopes de. Cantando e Rindo – Coletânea de Versos de Lulu Parola. Salvador: Publicação da Diretoria do Arquivo, Divulgação e Estatística da Prefeitura Municipal, 1952.

FONSECA, Raimundo Nonato da Silva. “Fazendo fita”: cinematógrafo, cotidiano e imaginário em Salvador, 1897-

Salvador: EDUFBA, 2002.

LEITE, Rinaldo. E a Bahia Civiliza-se: ideais de civilização e cenas de anticivilidade em um contexto de modernização urbana, Salvador, 1912-1916.. Dissertação (Mestrado em História) – Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, UFBA, Salvador: 1996.

PERES, Fernando da Rocha. Memória da Sé. Salvador: EDUFBA,1996.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Légua & Meia

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.