CORPORDEIDADE E EXISTÊNCIA EM HEIDEGGER

Denise Magalhães da Costa

Resumo


Nosso objetivo é mostrar o nexo ontológico entre corporeidade e o caráter de existência do Dasein a partir dos Seminários de Zollikon, onde Heidegger correlaciona a corporeidade ao ser-no-mundo; e de Ser e Tempo, onde ele expõe a analítica existencial deste ente e a sua constituição ontológica como ser-em. Nossa hipótese é que a corporeidade é um existencial constitutivo do ser do Dasein e se dá como um modo de ser ôntico-ontológico do ser-no-mundo. Para tanto, pretendemos esclarecer inicialmente a espacialidade ontológica do Dasein e sua co-pertença à corporeidade como um modo do corporar. Em seguida analisaremos os existenciais da compreensão, disposição e fala e seu nexo ontológico com a corporeidade do Dasein. Por fim, apontaremos o caráter ontológico existencial da corporeidade e o corporar do Dasein como um modo de ser deste ente enquanto existência e que se determina no mundo, na relação com os entes, o que confere à corporeidade um caráter ek-stático.

Texto completo:

PDF

Referências


CARON, Maxene. Sur la question du corps dans la pensée de Heidegger: De Sein und Zeit aux Séminaires de Zollikon. Archives de Philosophie, 2008/2 tome 71, p.309-329. Disponível in http://www.carin.info/revue-archives-de-philosophie-2008-2-page-309.htm

CERBONE, David R. Heidegger and Dasein’ ‘Bodily Nature’: what is the Hidden Problematic? In: Heidegger Reexamined. London: Routledge, 2002.

CIOCAN, Cristian. The Question of the Living Body in Heidegger’s Analitic of Dasein. Research in Phenomenology, Volume 38, Number 1, BRILL, 2008.

DASTUR, F. Heidegger et la Question Anthropologique. Éditions de L’Institut Supérieur de Philosophie, Louvain-la-neuve, Éditions Peeters, Louvain – Paris, 2003.

FERREIRA, Acylene Maria C. A constituição ontológico-existencial da corporeidade em Heidegger. Síntese, Belo Horizonte, v.37, n.117, 2010, p.107– 123.

_________. Mundanidade e Diferença Ontológica. Síntese, Belo Horizonte, v. 40, n 26, pp.85-108.

FOGEL, G. A respeito de Homem, de Vida e de Corpo. In: Emmanuel Carneiro Leão. Org. Fernando Santoro...[et al]-1ed Rio de janeiro: HEXIS: Fundação Biblioteca Nacional, 2010,(Pensamento no Brasil:1), p.163-179.

FRANCK, Didier. Chair et corps: Sur la phénoménologie de Husserl. Paris: Editions de Minuit, 1981.

__________. Heidegger e o problema do espaço. Tradução João Paz, Coleção Pensamento e Filosofia, Instituto Piaget, Lisboa, 1986.

HAAR, M. Heidegger e a essência do homem. Lisboa: Instituto Piaget, 2003.

__________. Le primat de la Stimmung sur la corporéité du Dasein. In: Heidegger Studies 2, 1986, p. 67-80.

__________. Le chant de la terre. Paris: L’Herne, 1985.

HEIDEGGER, Martin. Conferências e escritos filosóficos. Trad. Ernildo Stein. São Paulo: Nova Cultural, 1989. (Os Pensadores).

__________ . Nietzsche I. Trad. Juan Luis Vermal. Barcelona: Destino, 2000.

__________ . Nietzsche II. Trad. Juan Luis Vermal. Barcelona: Destino, 2000.

__________. Ontología. Hermenéutica de La facticidad, Madrid, Alianza Editorial, 1999.

_________. Os problemas fundamentais da fenomenologia, Trad. Marco Antônio Casanova, Petrópolis, RJ: Vozes, 2012, (Coleção Textos Filosóficos).

_________. Principios Metafísicos de la Lógica, Traducción de Juan José García Norro, Ed. Sintesis. Madrid-Espanha, 2009.

_________. Prolegómenos para una historia del concepto de tiempo. Traducción de Jaime Aspiunza, Madri: Alianza Editorial, 2006.

__________. Questions III e IV. Trad. Jean Beaufret, François Fedier, Julien Herver, Jean Lauxerois, Roger Munier, André Préau e Claude Roels. Paris: Gallimard. 1976.

__________. Ser e Verdade: a questão fundamental da filosofia; da essência da verdade/Martin Heidegger; tradução Emmanuel Carneiro Leão. Petrópolis: Vozes;Bragança Paulista: Editora Universitária São Francisco,2007.(Coleção Pensamento Humano).

__________. Sobre o humanismo. Trad. Emmanuel Carneiro Leão. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1967.

__________. Ser e Tempo. Trad. revisada e apresentação de Márcia de Sá Cavalcante Schuback; posfácio de Emmanuel Carneiro Leão. Petrópolis: Vozes, 2006..

__________.. Os conceitos fundamentais da metafísica: mundo, finitude, solidão. Trad. Marco Antônio Casanova. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003

__________. Seminários de Zollikon. Trad. Gabriela Arnhold e Maria de Fátima Almeida Prado. São Paulo; Petrópolis: Vozes; EDUC, 2001.

LEVIN, David Michael. The Ontological Dimension of Embodiment: Heidegger’s Thinking of Being. In.: WELTON,Donn (org.). The body. Massachusetts: Blackwell, 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/ideac.v1i38.4289

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


eISSN: 2359-6384