FASCISMO DE ESTADO E MICROFASCISMO

Jorge Alberto da Costa Rocha, Deivisson Warlla Miranda Sales

Resumo


No século XX iríamos assistir ao advento de uma terceira alternativa política entre o capitalismo e o marxismo: o fascismo. Mussolini buscará soerguer a Itália em meio a crises profundas, ao mesmo tempo mostrando a viabilidade teórica da sua posição, denunciando as falhas dos sistemas anteriores. Mas só poderíamos ficar restritos a uma abordagem política do termo “Fascismo”? Por um lado, esse artigo tentará mostrar um pouco o nascimento histórico deste movimento político, concentrando-se nos fundamentos teóricos da sua proposta através do entendimento do próprio Mussolini. Por outro, buscamos mostrar que houve uma apropriação filosófica interessante do termo “Fascismo”, alargando o seu conceito através das perspectivas de Deleuze e Guattari. Esses autores vão trabalhar com o conceito de microfascismo, não mais tomando o Estado como foco principal, mas os sujeitos e a constituição de sua subjetividade.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/ideac.v1i39.4577

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


eISSN: 2359-6384