DAMARIS CUDWORTH MASHAM: O DEBATE FILOSÓFICO NA MODERNIDADE

Autores

  • Arthur Leandro da Silva Marinho Professor na Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.13102/ideac.v1i42.5070

Resumo

Neste artigo é apresentado o pensamento da filósofa Damaris Cudworth Masham. Suas ideias filosóficas é uma resposta as principais teses filosóficas da Inglaterra no século XVII. Foi influenciada pelas teses do grupo dos platonistas de Cambridge e pelo pensamento de Locke. Damaris Cudworth Masham teve um pensamento filosófico inovador e nosso objetivo é fazer uma breve exposição do seu pensamento. Nosso ponto de partida foi uma reconstituição das principais questões filosóficas do contexto histórico de Damaris Masham. Também apresentamos o debate entre Damaris e Leibniz e aqui expomos as principais teses filosóficas discutidas entre eles. Trata-se de um debate importante para compreensão da metafísica do século XVII. Neste debate, Leibniz esmiúça as principais teses do seu sistema filosófico com intuito de persuadir Damaris Masham. É curioso como ela expõe suas críticas as teses de Leibniz e desenvolve suas teses originárias e críticas a respeito dos argumentos apresentados por Leibniz. Damaris não se está convencida das teses apresentadas, o que permite afirmar que a correspondência seja instigante e provocadora. Ao fim deste artigo, esperamos que seja possível uma compreensão ampla do legado filosófico de Damaris Cudworth na modernidade.

Biografia do Autor

Arthur Leandro da Silva Marinho, Professor na Universidade Federal de Campina Grande

graduado em Filosofia pela Universidade Católica de Pernambuco. Mestre em Filosofia pela Universidade federal de Pernambuco. Doutorando em Filosofia pela Universidade Federal de Pernambuco. Professor na Universidade Federal de Campina Grande.

Referências

BROAD, Jacqueline. Women Philosophers of the Seventeenth Century. Cambridge: Cambridge University Press, 2004.

CUDWORTH, Ralph. The true intelectual system of the universe: the first part; Wherein, all the Reason and Philosophy of Atheism is confuted; and Its mpossibility demonstrated. Stuttgart-Bad Cannsstatt: Friedrich Frommann Verlag, 1964.

MASHAM, Damaris. A Discourse concerning the love of God. Londres: Awnsham and John Churchil, 1696.

MASHAM, Damaris. Occasional Thoughts in Reference to a Vertuous or Christian life. Londres: A. and J. Churchil, 1705.

MASHAM, Damaris Cudworth. Leibniz’s ‘New System’ and Associated Contemporary texts. Tradução e edição: Woolhouse, R. S. & Francks, Richard. Oxford: Claredon Press, 1997.

Downloads

Publicado

2020-12-17

Edição

Seção

Dossiê