ENTRE HELENAS

Gislene Vale dos Santos

Resumo


É ponto comum e não discutível que a história da filosofia é construída majoritariamente por mãos masculinas; por isso, a importância de mostrar a contribuição do pensamento feminino silenciado por séculos. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é evidenciar aquelas que contribuíram com a formação da própria concepção de filosofia, focando na reflexão construída pelas pensadoras gregas pitagóricas. Para isso me sirvo especialmente do trabalho de Mary Ellen Waithe, A history of women philosophers, 1992 (1987)

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, C. (2019). Quatorze anos de desigualdade: mulheres na carreira acadêmica de Filosofia no Brasil entre 2004 e 2017. Cadernos De Filosofia Alemã: Crítica E Modernidade, 24(1), 13-33. https://doi.org/10.11606/issn.2318-9800.v24i1p13-33.

BRÉHIER, E. Histoire de la Philosophie, Tome premier. L’Antiquité et le Moyen age. Librairie Félix Alcan, Paris, 1928. Édition numérique complétée à Chicoutimi le 31 décembre 2005.

WAITHE, M. E. (1987) A history of women philosophers. Ancient women philosophers, 660 BC-500AD. Vol. 1. The Netherlands: Published by Kluwer Academic Publishers, 1992.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/ideac.v1i42.5482

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


eISSN: 2359-6384