PACTO SOCIAL E GARANTIA DE AUTOPRESERVAÇÃO EM THOMAS HOBBES

Autores

  • Adelmo José Da Silva Universidade Federal de São João Del Rei - UFSJ

DOI:

https://doi.org/10.13102/ideac.v1i43.5893

Resumo

Pretendemos refletir sobre os conceitos de pacto social e autopreservação em Hobbes, partindo da ideia de que a alegria é proporcionada pela posse do que causa prazer. Os homens empreendem uma corrida desenfreada e altamente competitiva, a partir da percepção de que os objetos da busca pelo que causa prazer são comuns a todas as ambições e desejos. Quando mais de um desejo se volta ao mesmo objeto, o conflito é inevitável, sobressaindo-se aquele que possui maior poder para atingir seu objetivo. A história, neste contexto, é concebida como um campo destinado ao confronto incessante.

Biografia do Autor

Adelmo José Da Silva, Universidade Federal de São João Del Rei - UFSJ

Cursou o Pós Doutorado em Filosofia Política na Universidad de Granada, UGR, España ( 2013 - 2014 ), Doutorado em Filosofia Filosofia Política na Universidade Gama Filho, UG, RJ ( 2001 ), Mestrado em Filosofia Política na Universidade Gama Filho, UG, RJ ( 1992 ). Especialização em Filosofia pela Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF ( 1987 ). Concluiu o curso de Licenciatura Plena em Filosofia pela Universidade Federal de Juiz de Fora, UFJF ( 1985 ). Integrante e pesquisador no GTs da ANPOF, Filosofia Francesa Contemporãnea e Filosofia da História e Modernidade. Membro do Banco de Avaliadores ( Basis) do INEP/MEC, onde atua em avaliações institucionais, de EAD e de cursos. Professor Titular da Universidade Federal de São João Del-Rei - UFSJ, onde faz parte do quadro efetivo desde 1987. Ocupou cargos administrativos na UFSJ. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em política e pensamento.

Referências

ARISTOTE. Étique à Nicomaque. Paris: G F Flammarion, 2004.

HOBBES, T. Leviatã, ou matéria e forma de um estado eclesiástico e civil. Tradução: Paulo Monteiro e Maria Beatriz Nizza da Silva. 4. ed. São Paulo: Nova Cultural, 1988. (Os Pensadores).

LOCKE, J. Dois tratados do governo civil. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

PLATON. Oeuvres Complètes. Tome VI, La République. Paris: Societé D’édition Les Belles Lettres, 1947.

ROUSSEAU, J.J. Oeuvres complètes. Direction de Bernard Gagnebin et Marcel Raymond. Paris: Gallimard, 1964. (Bibliothèque de la Pléiade).

Downloads

Publicado

2021-06-13

Edição

Seção

Dossiê