A COLONIALIDADE E A VALORIZAÇÃO DO CONHECIMENTO TRADICIONAL ASSOCIADO À LUZ DA RELAÇÃO LUSO-BRASILEIRA

Kamila Assis Abreu

Resumo


O presente trabalho pretende analisar o processo da colonialidade/modernidade cultural enraizada pela relação entre raça x Estado x capitalismo e eurocentrismo, no que tange ao Conhecimento Tradicional Associado (CTA) das comunidades indígenas e comunidades locais. Verificou-se que a causa do acesso e destruição do Conhecimento Tradicional Associado está vinculada a temas como racismo, colonialismo, colonialidade, eurocentrismo, Governança Internacional, dentre outros. Contraditoriamente, percebeu-se que a aliança que causou o acesso abusivo do CTA e dos recursos naturais em tempos remotos é a mesma aliança que hoje poderá trazer esperança de um futuro melhor para ambos os países. Utilizou-se a Revisão de Literatura como método de pesquisa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/rjuefs.v1i1.1805

Apontamentos

  • Não há apontamentos.