A EXPERIÊNCIA DO ESTÁGIO DE ESTUDANTES DA TURMA ELIZABETH TEIXEIRA: o ato educativo como princípio do estágio

Rawy Sena

Resumo


O presente texto é uma descrição de três fundamentos do estágio jurídico profissionalizante, ou não obrigatório, realizado por dois estudantes da Turma Elizabeth Teixeira em um escritório de advocacia popular. São eles: a) o marco normativo do estágio jurídico da Turma Elizabeth Teixeira; b) o campo de estágio e c) a própria formação da turma, bem como o seu perfil. Percebe-se que há uma série de virtudes e desafios a partir destes três fundamentos e que, com a perspectiva do ato educativo, a experiência é bastante oportuna por dedução,

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/rjuefs.v1i1.1807

Apontamentos

  • Não há apontamentos.