Universalidade e democracia: esteios das ciências contra o charlatanismo

Autores

  • Thereza Christina Bahia Coelho Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS)

DOI:

https://doi.org/10.13102/rscdauefs.v11i1.7264

Palavras-chave:

COVID-19, Pandemia, Ciências, Universalidade, Democracia, Saúde.

Resumo

Um novo paradigma do conhecimento parece surgir da hecatombe virótica e política que atinge principalmente as Américas para talvez enterrar de vez ou, pelo menos, inativar temporariamente a virulência do anterior, que deu abrigo a teorias como a da Escolha Racional, que é o paradigma neoliberal. Contra ele, ressurge a tese dos sistemas universais de saúde enquanto estruturas de Estado, mantidas e controladas pelo próprio Estado Ampliado, no sentido gramsciano. O editorial do volume 11, ano 2021, segundo ano da pandemia de COVID-19 do século XXI, tem por objetivo apresentar de forma reflexiva dez artigos do número 1, com temas que abordam diretamente ou indiretamente a pandemia, seus desdobramentos, tomando como valores orientadores das práticas editoriais, de pesquisa e cuidado em saúde, a justiça e democracia, mais que conceitos, significantes para o pensamento e a ação.

 

ABSTRACT

A new paradigm of knowledge seems to emerge from the viral and political hecatomb that affects mainly the Americas to perhaps bury forever or at least temporarily inactivate the virulence of the previous one, which gave shelter to theories such as Rational Choice, which is the neoliberal paradigm. Against him, the thesis of universal health systems resurfaces as State structures, maintained and controlled by the Extended State itself, in the Gramscian sense. The editorial of the volume 11, 2021, second year of the COVID-19 pandemic, of the 21st century, aims to reflectively present ten articles published on number 1 with themes that directly or indirectly address the pandemic, its consequences, taking as guiding values of editorial practices, research and health care, justice and democracy, more than concepts, significant for thought and action.

Keywords: COVID-19; Pandemic; Sciences; Universality; Democracy; Health.

 

RESUMEN

Un nuevo paradigma de conocimiento parece emerger de la hecatombe viral y política que afecta principalmente a las Américas para quizás enterrar definitivamente o al menos inactivar temporalmente la virulencia del anterior, que dio cobijo a teorías como la Elección Racional, que es el paradigma neoliberal. Frente a él, la tesis de los sistemas de salud universales resurge como estructuras estatales, mantenidas y controladas por el propio Estado Extendido, en el sentido gramciano. El editorial del volumen 11, año 2021, segundo año de la pandemia COVID-19, del siglo XXI, tiene como objetivo presentar de manera reflexiva diez artículos del número 1, con temas que aborden directa o indirectamente la pandemia, sus consecuencias, tomando como rector valores de las prácticas editoriales, la investigación y la salud, la justicia y la democracia, más que conceptos, significativos para el pensamiento y la acción.

Palabras clave: COVID-19; Pandemia; Ciencias; Universalidad; Democracia; Salud.

##plugins.generic.paperbuzz.metrics##

Carregando Métricas ...

Referências

Kuhn TS. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectiva; 1998.

Machado R, Loureiro A, Luz R, Muricy K. Danação da norma: medicina social e constituição da psiquiatria no Brasil. Rio de Janeiro: Graal; 1978.

Coelho TCB, Sanabria CAP. Valorização da produção científica em tempos de COVID-19. Rev. Saúde Col. UEFS 2020; 10(1):1-6.

World Health Organization. Draft landscape of COVID-19 candidate vaccines – 5 May 2020. Disponível em: https://www.who.int/docs/default-source/coronaviruse/novel-coronavirus-landscape.ncov.pdf. [2020 mai 13].

Rocha NL, Sora ABA, Terra Lapa AT, DD. Construindo o Projeto Cuidadosamente: reflexão sobre a saúde mental dos graduandos de Enfermagem frente ao COVID-19. Rev. Saúde Col. UEFS 2020; 10(1):13-17.

Rocha NL, Araujo KF, Motta MCS, Nakano AR, Lima HSB, Marques JLS. Material educativo para pacientes com tuberculose pulmonar frente a pandemia de COVID-19. Rev. Saúde Col. UEFS 2020; 10(1):18-22.

Silva MC, Santos EA, Conceição AJ, Suto CSS, Andrade MS. Análise epidemiológica da COVID-19 em uma região de saúde da Bahia, 6 de abril a 7 de outubro, 2020. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1): e6612.

Araruna FOS, Moraes MBC, Araruna FB, Araújo Luz TRS, Serejo APM, Amaral FMM, Coutinho DF. Máscaras de tecido na prevenção da COVID-19: expectativa ou realidade? Rev. Saúde Col. UEFS 2021; 11(1): e5929.

Muniz CFD, Pinho PS, Souza FO, Araújo TM. Situação vacinal entre Agentes Comunitários de Saúde. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1): e6190.

Lisboa CS, Almeida LMR, Santos PS, Santana JM. Evolução temporal da pandemia do COVID-19 e letalidade em profissionais de saúde no Brasil. Saúde Coletiva (Barueri) 2021; 11(64):5758-71.

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS). A queda da imunização no Brasil. Consensus. Edição 25, outubro, novembro, e dezembro de 2017, Saúde em Foco. [acesso em 5 jun 2021]. Disponível em: https://www.conass.org.br/consensus/queda-da-imunizacao-brasil/

Vasconcelos LA, Borges EL, Souza DN, Gama dos Santos JN, Vaz HJ. Cobertura vacinal do sarampo e sua associação com os casos novos da doença no Estado do Pará, Brasil. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1): e5609.

Menezes CM, Santos RV, Gavazza MC. Análise situacional de saúde da primeira infância. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1): e5464.

Carneiro JG, Barbosa MSA, Diniz MCC, Santos MF, Nascimento KC. Perfil epidemiológico de vítimas de queimaduras internadas no Hospital de Emergência da Região Agreste de Alagoas. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1): e5693.

Souza TA, Almeida LMR, Lisboa CS. Suplementação de Ácidos Graxos Poli-insaturados de cadeia longa durante a gestação e fatores associados ao desenvolvimento infantil. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1): e5736.

Pereira JS, Anjos GCA, Melo de Andrade AFS, Passos TS. Atuação de enfermeiros da Estratégia Saúde da Família na prevenção e controle do HIV e sífilis durante o pré-natal. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1):e5944.

Ramos ICN, Rossi TRA. Violência contra crianças e adolescentes na Bahia: caracterização dos casos, 2009-2016. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1):e5899.

Palma TF, Ribeiro SMA, Santos VMT. A autoimagem, os transtornos mentais comuns e a depressão em estudantes de graduação. Rev. Saúde Col. UEFS 2020; 10(1):108-115.

Albuquerque RN. Terapia Comunitária Integrativa como estratégia de promoção da saúde nas universidades. Rev. Saúde Col. UEFS 11(1):e6611.

Instituto Butantan. Histórico [Internet]. [acesso em 7 junho 2021]. Disponível em: https://butantan.gov.br/institucional/historico

FIOCRUZ. Fundação Oswaldo Cruz: uma instituição a serviço da vida. Histórico [Internet]. [acesso em 7 junho 2021]. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/historia

FIOCRUZ. Relatório Final do I Congresso Interno. [acesso em 7 junho 2021]. Disponível em: https://congressointerno.fiocruz.br/relat%C3%B3rios-finais?page=2

Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA [BR]. [Internet]. [acesso em 7 junho 2021]. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2021/confira-materiais-da-reuniao-extraordinaria-da-dicol

Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS [BA]. Portal Geocovid [Internet]. [acesso em 7 junho 2021]. Disponível em: https://portalcovid19.uefs.br/vaccination

Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA [BR]. [acesso em 7 junho 2021]. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/assuntos/noticias-anvisa/2021/anvisa-libera-sob-condicoes-controladas-parte-da-importacao-da-sputnik

Downloads

Publicado

2021-06-11

Como Citar

Coelho, T. C. B. (2021). Universalidade e democracia: esteios das ciências contra o charlatanismo. Revista De Saúde Coletiva Da UEFS, 11(1), e7264. https://doi.org/10.13102/rscdauefs.v11i1.7264

Edição

Seção

Editorial
Share |