ABORDAGEM DO LUGAR NOS LIVROS DIDÁTICOS DE GEOGRAFIA UTILIZADOS DO ENSINO MÉDIO EM ESCOLAS PUBLICAS DE FEIRA DE SANTANA

Muana Silva de Almeida

Resumo


Este trabalho teve como proposta analisar a concepção e forma de abordagem do Lugar nos livros didáticos de Geografia, particularmente no ensino médio. De acordo com Callai (2006), na literatura geográfica, o lugar está presente de diversas formas. No seu ponto de vista, estudá-lo é fundamental, pois ao mesmo tempo em que o mundo é global, as coisas da vida, as relações sociais se concretizam nos lugares específicos. E como tal, a compreensão da realidade do mundo atual se dá a partir dos novos significados que assumem a dimensão do espaço local. Mas quando se volta para a realidade dos livros didáticos utilizados nas escolas da rede pública de Feira de Santana, percebe-se que o espaço local geralmente não é abordado, por serem, em sua maioria, produzidos por escritores da região sudeste e sul do Brasil e por raramente conhecerem a realidade particular de cada lugar.
Apoiados nas ideias anteriormente ressaltadas e na pesquisa maior, a análise foi realizada com livros didáticos do 2º ano do ensino médio, pois se entende que os conteúdos desse período são trabalhados de forma mais aprofundada. As questões que nortearam nossa análise foram: como o conceito de lugar é tratado nos livros didáticos do ensino médio das escolas pulicas da educação básica de ensino de Feira de Santana? As atividades sugeridas proporcionam aos alunos reflexões e questionamentos sobre o seu lugar de vivência? De que forma os conteúdos abordados e as atividades sugeridas nos livros didáticos analisados podem servir de subsídios na elaboração de materiais didáticos/pedagógicos sobre o lugar?
Para responder a essas perguntas estabelecemos algumas metas: investigamos os conteúdos abordados e suas relações/adequações aos conceitos de lugar estudados no grupo de pesquisa; identificamos as atividades propostas nos livros didáticos com o conteúdo sobre lugar e se as mesmas proporcionavam aos alunos reflexões sobre o seu espaço de vivência (o imediato concreto: bairro, cidade, município); avaliamos como as informações coletadas poderiam ser utilizadas como fonte de dados para os materiais didáticos sobre Feira de Santana.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.