MOTIVAÇÃO NO ENSINO DE MÚSICA: contribuições para novas práticas pedagógicas

Nilson Oliveira Santos

Resumo


A pesquisa teve como tematica a motivação a partir da prática da percussão corporal
nas aulas de música na educação básica. Esta prática pode ser uma ferramenta de grande valia
para a motivação. Além do desenvolvimento musical e contribuições para a psicomotricidade,
essa ferramenta promove outros benefícios, como a interação, motivação e a autoestima.
A motivação no ensino de música é um dos temas recorrentes em pesquisas no campo
da educação, por ser um ponto fundamental na aprendizagem de qualidade, principalmente
relacionada à motivação intrínseca “A motivação intrínseca no contexto escolar desperta o
interesse para a aprendizagem, ou seja, os alunos ficam altamente engajados nos conteúdos
apresentados e nas atividades propostas” (MADEIRA; MATEIRO 2013, p. 70).
No contexto da educação básica, a música tem um valor relevante, pois engloba uma
diversidade de saberes e valores sociais significativos para o sujeito, cabendo ao educador
musical estar articulado a promover práticas motivadoras neste campo.
A importância da motivação nas atividades de ensino tem sido reforçada por
pedagogos e psicólogos e o seu estudo pelo educador representa uma
necessidades amplamente reconhecida, principalmente em escolas
democráticas, nas quais os conteúdos e os métodos da educação devem,
sempre que possível, respeitar as características individuais dos alunos
(ECCHELLI, 2008, p. 200).
O presente estudo está inserido no projeto de pesquisa “Educação Musical e
Motivação: contextos, processos motivacionais e perspectivas”, tendo como o objetivo geral
investigar como as aulas de música, envolvendo a percussão corporal, podem contribuir para
a motivação dos estudantes na educação básica. Os objetivos específicos foram: realizar um
levantamento bibliográfico sobre os temas; realizar um levantamento das escolas em Feira de
Santana que realizam aulas de música envolvendo percussão corporal; investigar como a
abordagem pedagógica pode contribuir para a motivação; propor e realizar atividades de
percussão corporal para o ensino de música; descrever o papel da percussão corporal como
agente motivador nas aulas de música.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.