REPERTÓRIO MUSICAL E ATIVIDADES NAS AULAS DO SUBPROJETO DO PIBID "MUSICANDO A ESCOLA"

Willian Albert Nunes de Carvalho Silva

Resumo


A partir do momento que pensamos em fazer música, automaticamente também
pensamos em um repertório, logo, podemos afirmar que a prática musical está associada
a este repertório. Sendo assim, a utilização do mesmo na prática pedagógica musical
poderá abranger um grande número de conteúdos, a exemplo do contexto histórico,
célula rítmica, gênero musical, melodia, timbre, instrumentos musicais e atividades de
performance/execução, apreciação, composição/criação, literatura e técnicas, como
destaca o Modelo C(L)A(S)P de Swanwick (1979). Desta forma, a seleção do repertório
torna-se um elemento estruturante no processo de ensino e aprendizagem musical na
escola.
Swanwick propõe parâmetros para a educação musical, identificando cinco diferentes
formas de vivenciar experiências musicais, a partir das atividades de Composition ,
Literature , Audition , Skills Abilities e Performance que, traduzidas para o português,
segundo Alda de Oliveira e Liane Hentschke (2003), temos Composição, Literatura,
Apreciação, Técnica e Execução. As atividades de composição, apreciação e
performance estão diretamente associadas ao fazer musical, tendo o autor as definido
como atividades centrais. Já literatura e técnica são atividades subordinadas e devem
contribuir no desenvolvimento musical das atividades centrais.
Tendo em vista que cada educando traz consigo uma vivência musical, é necessário que
o professor utilize repertórios diversificados, inclusive provenientes do contexto
sociocultural do discente. Sendo assim, defendendo um ensino musical escolar que
contemple a diversidade existente na sala de aula por meio do seu repertório, esta
pesquisa teve como objetivo geral identificar e catalogar quais músicas são trabalhadas
nas aulas do Subprojeto Musicando a Escola do PIBID da UEFS, e quais as atividades
foram desenvolvidas através deste repertório, relacionando-as ao modelo C(L)A(S)P.
Quanto aos objetivos específicos, pretendeu-se verificar os gêneros musicais abordados;
identificar os critérios e fatores motivadores para a escolha do repertório; verificar os
níveis e especificidades da interação discente x docente relacionados ao repertório
identificado; verificar as atividades desenvolvidas a partir do repertório identificado
relacionadas à Modelo C(L)A(S)P; catalogar as atividades analisadas para efeito de
posteriores consultas e utilizações.
Os resultados aqui obtidos verificam uma prática pedagógica pautada no diálogo entre
professor e aluno na construção do repertório na busca por contemplar a diversidade.
Tais repertórios se adequam a realidade de cada escola, ao possibilitar aos alunos
vivências musicais diversas. A partir dessa pesquisa também foi desenvolvido o
Trabalho de Conclusão de Curso sobre a orientação do Prof. Dr. Luciano Almeida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.