Louva-a deuses (Dictyoptera, Mantodea) da coleção do Museu da UEFS: o problema da delimitação de espécie no grupo

Vanine Haywanon Santos Maia

Resumo


Os integrantes da ordem Mantodea Burmeister, 1838 são conhecidos vulgarmente como louva-a-deus (ou louva-deus), põe-mesa (ou ponha mesa), pai-de-cobra, bendito e cavalinho-de-nosso-senhor (Terra & Agudelo, 2012). São insetos hemimetábolos, terrestres com tamanhos que variam de 8 a 170 mm, são predadores e possuem adaptações morfológicas e anatômicas para tal comportamento. Entre as características mais importantes destacam-se aquelas próprias para a captura das presas: a) presença olhos compostos grandes que oferecem uma visão binocular aperfeiçoada; b) primeiro par de pernas modificado para captura, pernas raptoriais, com fêmures e tíbias prendadas de espinhos o que favorecem a captura da presa; c) pronoto alongado, lugar este onde as pernas raptoriais se posicionam no momento da inércia; d) coloração que favorece a camuflagem contra predadores e aparelho de armadilha das presas (Figura 1) (Grimaldi & Engel 2005).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2232

Apontamentos

  • Não há apontamentos.