ESTUDO SOBRE O CONCEITO DE COMPROMETIMENTO E COMPROMETIMENTO EXCESSIVO NO MUNDO DO TRABALHO

Bianca Saionara Lima Pessoa

Resumo


Nas sociedades capitalistas a competitividade no trabalho mostra-se como demarcadora das relações, ocupando um lugar central na vida de seus membros (Cooper; Baliglioni Jr, 1988 apud Vasconcelos; Guimarães, 2009). A saúde do trabalhador fica ameaçada quando a competição se torna predatória, pois o nível insuportável de estresse leva a fadiga e ao desgaste profissional (Silva, 2010). Nesse contexto, a carreira torna-se um desafio para o trabalhador, pois além dos esforços exigidos para melhorar a qualificação e conquistar uma boa posição no emprego, ele precisa aprender a lidar com situações potencialmente estressantes (Vasconcelos e Guimarães, 2009).
O comprometimento com a carreira tem se mostrado como uma forma em que o trabalhador tem encontrado para saber lidar com as adversidades do mundo laboral, investindo e dedicando-se a este percurso de forma saudável. Já o comprometimento excessivo é uma atitude frente à carreira devido a falta de alternativas disponíveis ao trabalhador, o que pode gerar impactos pessoais, organizacionais e sociais expressivos (Rowe e Bastos, 2008). Por isso, estudar e analisar formas saudáveis de comprometimento organizacional, as quais minimizem fatores estressantes a ele, é essencial para desenvolver no mundo do trabalho, uma melhor qualidade de vida, preservando também a saúde do trabalhador.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.