Levantamento das espécies de mamíferos não voadores de pequeno porte (roedores e marsupiais) da Serra da Jiboia, Bahia, Brasil

Wallysson Hebert da Silva

Resumo


A Serra da Jiboia é uma área que compreende uma porção de Mata Atlântica, localizada no Recôncavo Sul da Bahia. A diversidade de organismos que a habitam é notável e dentre esses organismos estão os mamíferos de pequeno porte, tais como os didelfimorfios, os quirópteros e os roedores. Pequenos mamíferos terrestres estão entre as formas mais diversas de mamíferos no Brasil, mesmo que o número de estudos realizados em algumas partes do país seja muito baixo. Entre as formas mais importantes nas florestas neotropicais estão os didelfimorfios (“marsupiais”) e os roedores (Emmons & Feer, 1997; Reis et al., 2011). Estes animais são muito importantes do ponto de vista ecológico, já que atuam como dispersores de sementes, polinizadores, reguladores das populações de invertebrados e plantas e, além disto, ocupam posições basais na teia trófica, servindo de presas para vertebrados maiores (Cáceres & Monteiro-Filho, 2000; Terborgh et al., 2001; Reis et al., 2011). Entre os roedores e didelfimorfios que ocorrem na Mata Atlântica, cerca de 30% e 15%, respectivamente, são endêmicos dela (Paglia et al., 2012), o que ressalta a importância da continuidade e da intensificação dos estudos neste bioma.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2375

Apontamentos

  • Não há apontamentos.