A FORMAÇÃO DOS ENGENHEIROS QUE PARTICIPARAM DA COMISSÃO DE MELHORAMENTOS DO RIO SÃO FRANCISCO (1883-1896)

Ariane Mendes Rocha

Resumo


No ano de 1792, no Rio de Janeiro, foi criada a primeira academia de ensino com o nome de Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho marcando o início formal do curso de Engenharia Civil no Brasil (TELLES, 1994; 87). Com o passar dos anos a Academia passou por sucessivas reformas currículares e transformações. Aos poucos foi se aperfeiçoando ao ensino técnico-prático de Engenharia, o ensino era voltado para as obras de melhoramentos do país. Assim, muitos engenheiros recém-formados começaram a atuar nas Comissões de Melhoramentos (COELHO, 1999; 198).
Em 1883 o Governo Imperial criou a Comissão de Melhoramentos do Rio São Francisco (CMRSF), visava uma melhoria na locomoção de pessoas e mercadorias. O objetivo da CMRSF era executar obras de desobstrução de canais no Rio São Francisco. Para realizar as obras necessitava-se de um conhecimento minuncioso do rio, para isso foram contratados engenheiros para a realização de estudos e execução das obras( MACHADO, 2002).
A primeira equipe da CMRSF do Rio São Francisco foi composta pelo Engenheiro Antônio Plácido Peixoto do Amarante ( Engenheiro Chefe); Theodoro Fernandes Sampaio (1º Engenheiro Ajudante); Albuquerque F. Ramos (Engenheiro Condutor); João Emiliano Amarante (Engenheiro Condutor); Evaristo Galvão (Engenheiro Auxiliar); Reginaldo Candido da Silva (Engenheiro Auxiliar); Foligonio Magalhães de Souza e Moisés Deschamps de Montmorencey ( Desenhistas) (COSTA,2013).
Diante da necesssidade de identificar os engenheiros que fizeram parte da primeira equipe da CMRSF, este trabalho objetivou verificar o ano de formação de cada engenheiro; identificar a instituição onde ocorreu a formação e verificar os currículos das instituições de ensino que os engenheiros passaram.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.