EDIÇÕES FAC-SIMILAR, SEMIDIPLOMÁTICA E ESTUDO GRAFEMÁTICO DE UM PROCESSO CRIME DE HOMICÍDIO DE 1909

Gracília Pereira Santos

Resumo


A princípio, a Filologia firmava-se apenas na ecdótica, entretanto, com o decorrer do
tempo, seus estudos foram ampliados, sendo introduzidos no seu campo de pesquisa a arte, a
cultura e a língua de um povo através de textos escritos, pois seu foco é editar, a partir de
critérios específicos, textos acerca das sociedades. Posteriormente, ela foi dividida em dois
aspectos: a Linguística, que também faz estudos comparativos da língua, visto que a mesma
tem um significado muito importante para uma sociedade; e a Filologia Textual, que tem
como finalidade a preservação de textos e, através disso, pode-se fazer um resgate dos
documentos do passado que contêm informações históricas, contribuem para o entendimento
dos estudos no presente, a partir de documentos impressos e/ou escritos. Com base nessas
informações, este trabalho teve como finalidade a edição filológica e a análise grafemática
constante em um Processo Crime de Homicídio de 1909, ocorrido no distrito de Humildes –
BA, visando a compreensão do seu contexto histórico, a partir de sua descrição e transcrição e
respeitando à grafia presente no documento original. Através disso, foi possível analisar a
mudança ortográfica presente no documento, buscando-se, assim, fazer, posteriormente, um
estudo comparativo. Ao editar o documento foi possível obter dados gerais que serão
apresentados, já que são de suma importância as informações, que abrangem apontamentos
culturais e sociais, contidas no documento.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.