CONSUMO ENERGÉTICO NO SISTEMA DE CAPTAÇÃO E BOMBEAMENTO DA ÁGUA CINZA

Gislana Santana Machado

Resumo


A energia dirige cada elemento do ciclo da água, enquanto a água é necessária para a produção de energia. A energia necessária para tratar a água a níveis aceitáveis está na faixa de 0,03-7 kWh/m³, dependendo das fontes de água (água doce, água do mar, águas residuais) e parâmetros regionais específicos, como condições climáticas, disponibilidade de água, uso de água e densidade populacional. (LAZAROVA, 2012).
Para calcular a quantidade de energia proporcional a água consumida em residências, deve-se adotar estratégias que considerem a energia embutida tanto na água tratada e distribuída quanto no efluente coletado e tratado. Em prol do desenvolvimento sustentável, a infraestrutura do setor hídrico deve consumir menos energia e reduzir emissões de gases do efeito estufa (MACLEOD; FILION, 2011; BONTON et al., 2012).
O setor hídrico demanda elevada quantidade de energia utilizada para o bombeamento e o tratamento de água. Portanto, qualquer redução no consumo de água potável em edifícios pode resultar em uma redução da eletricidade para a empresa de água e esgoto (PROENÇA, 2011). Friedler e Lahav (2006) descrevem que com a adoção de sistemas de aproveitamento de água cinza em edificações, seus habitantes reduzem gastos com água e esgoto. O reúso de água cinza, que são águas provenientes de chuveiros, lavatórios e lavanderia, é feito após a separação destas águas das águas do vaso sanitário. Com a separação, a água cinza é direcionada para o local de tratamento.
Esse trabalho justifica-se pela busca por meios alternativos de reaproveitamento de água, no caso o reúso da água cinza, que interligado com o consumo de energia minimize os problemas ambientais. Busca-se analisar se a quantidade de energia gasta no sistema de reuso da água cinza é menor do que o consumo de energia utilizada pelo sistema de abastecimento de água na cidade de Feira de Santana/BA. Segundo Guanais (2015) o consumo energético no ciclo de vida do sistema de abastecimento de água na cidade de Feira de Santana – BA foi de 3,51 kWh/m3 de água efetivamente consumida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.