PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS PACIENTES PORTADORES DE CARCINOMA EPIDERMÓIDE COM DIAGNÓSTICO HISTOPATOLÓGICO ESTABELECIDO NO CENTRO DE REFERÊNCIA DE LESÕES BUCAIS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE FEIRA DE SANTANA NO PERÍODO DE 2006-015

Lorena Araújo Almeida

Resumo


Entre as neoplasias malignas que acometem as estruturas bucais, o carcinoma epidermóide é a mais prevalente afetando predominantemente o gênero masculino. As faixas etárias mais prevalentes correspondem a sexta e sétima décadas de vida. A média de idade para o gênero masculino foi de 58,2 anos e para o feminino de 60,5 anos (ANJOS HORA et al., 2003). Segundo estudos de Anjos Hora (2003), as localizações anatômicas de maior prevalência para o Câncer Bucal foram a língua e o lábio, em ambos os sexos.
A pesquisa sobre Perfil epidemiológico dos pacientes portadores de Carcinoma Epidermóide (CEC) com diagnóstico estabelecido no Centro de Referência de Lesões Bucais (CRLB) da Universidade Estadual de Feira de Santana(UEFS) no período de 2007 a 2015 se propõe a investigar o perfil clínico e epidemiológico dos pacientes portadores de Carcinoma Epidermóide na população do semiárido baiano e os fatores de risco aos quais a mesma está exposta. O Câncer bucal se configura como um problema de saúde pública com impactos mundiais e através desta pesquisa poderemos conhecer o perfil da população acometida por esta patologia, tornando estas informações conhecidas aos cirurgiões dentistas. Os dados epidemiológicos encontrados servirão de base para a criação de políticas de prevenção e estratégias de ação visando o diagnóstico precoce desta patologia maligna.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i21.2513

Apontamentos

  • Não há apontamentos.