TENDÊNCIAS NO INTERIOR DO PARTIDO OPERÁRIO COMUNISTA (POC)

Karoline Oliveira Brandão

Resumo


Esta pesquisa trata-se, de forma geral, da caracterização de aspectos da trajetória do Partido Operário Comunista - POC, organização que atuou entre o período de 1968 a fins de 1970 no Brasil. O propósito foi mapear as tendências que surgiram em seu interior, identificar os debates internos que faziam e quais eram os seus conflitos e dilemas acerca, principalmente, do debate da luta armada. O POC, organização que surge em abril de 1968 após realização do seu congresso de fundação, é resultado de uma fusão da antiga Organização Revolucionária Marxista- Política Operária – ORM-PO1 (também conhecida como POLOP OU PO) com a Dissidência Leninista do Rio Grande do Sul - DL. Essa dissidência começou a se gestar em fins de 1965 e começo de 1966 e neste mesmo ano rompeu com o Partido Comunista Brasileiro - PCB.

Texto completo:

PDF

Referências


BRITO, Tamires Assad Nery de. A GRANDE TAREFA: POLÍTICA OPERÁRIA E A CONSTRUÇÃO DO PARTIDO REVOLUCIONÁRIO (1968-1979). Dissertação de Mestrado em História Social pelo Programa de Pesquisa e Pós-graduação em História da Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS. Feira de Santana, 2016.

COELHO, Eurelino. Dissonâncias à esquerda: a Polop, o golpe e a ditadura militar. IN: MATTOS, Marcelo Badaró, VEJA, Rúben (orgs.) Trabalhadores e ditaduras: Brasil, Espanha e Portugal. 1ª edição. Rio de Janeiro: Consequência, 2014.

MATTOS, Marcelo Badaró. Em busca da revolução socialista: a trajetória da POLOP (1961-1967). IN: REDENTI, Marcelo, REIS FILHO, Daniel Aarão. História do Marxismo no Brasil, vol. V. Campinas, Edunicamp, 2002.

REIS FILHO, Daniel Aarão. Classe operária, partido de quadros e revolução socialista.

O itinerário da Política Operária – POLOP (1961-1986). In: REIS FILHO, D. A. e

FERREIRA, J. Revolução e Democracia. 1964... Rio de Janeiro, Civilização Brasileira,

SILVA, Antonio Ozai da. História das tendências no Brasil (Origens, cisões e propostas). 2ª edição. Dag Gráfica e Editorial: São Paulo.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.