DEGRADAÇÃO AMBIENTAL E DESERTIFICAÇÃO: ANÁLISE A PARTIR DOS DADOS SOCIODEMOGRÁFICOS NOS PÓLOS DE IRECÊ E GUANAMBI ENTRE OS ANOS 2000 E 2010

Mariana Oliveira de Jesus

Resumo


O processo de desertificação decorre de mudanças climáticas e de ações antrópicas resultante do uso inadequado do solo na pecuária, agricultura, mineração, irrigação e pastoreio, definido como a o degaste do solo em áreas, semiáridas e subúmidas secas” (BRASIL, 1996,).

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Senado Federal. Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Brasília: Senado Federal; Subsecretaria de Edições Técnicas, 1996.

CDAR- Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional. Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável da Região Irecê – PSDR IRECÊ. Salvador, 2004

JUNIOR, Israel de Oliveira; LOBÃO, Jocimara de Souza Brito. Apropriação das terras no semiárido da bahia: diagnosticando o processo de desertificação no polo de Guanambi.. Anais: XV seminário de iniciação científica, Feira de Santana, 2011. Disponível em: http://www.xvsemic.esy.es/upload/2011/2011XV-007ISR030-100.pdf. Acesso em 3 de jan de 2017

LEE,E. S. Uma teoria sobre migração. In: Migração interna: textos selecionados. Coordenador Hélio A. de Moura. Fortaleza, 1980.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.