SENTIDOS E SUJEITOS NA EDUCAÇÃO

Samuel Sepulveda Teixeira Leite

Resumo


Durante esses anos, estudei a necessidade de me posicionar historicamente, de entender a função política e social de ser professor, de reconhecer e valorizar meus saberes. Foi a partir dessas inquietações que resolvi que minha pesquisa não poderia fugir do eixo educação e também, como estudante de filosofia, não poderia deixar de fazer uma analise filosófica conceitual acerca desse tema.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTHUSSER, L. Aparelhos Ideológicos de Estado. Ed: Graal, RJ. Tradução: José Augusto Guihon Albuquerque, 9ª edição, 2003.

BOURDIEU, P. O Senso Prático. Ed: Vozes – Petrópolis (RJ), Tradução: Maria Ferreira, 2009.

BOURDIEU & PASSERON. A Reprodução: Elementos para uma teoria do sistema de ensino. Ed: Vozes – Petrópolis (RJ), tradução: Reynaldo Bairão, 7ª edição, 2014.

BUTLER, J. Corpos que pensam: sobre os limites discursivos do sexo.Tradução de Tomaz Tadeu da Silva. In: LOURO, Guacira Lopes (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

________ Performative Acts and Gender Constitution: An Essay in Phenomenology and Feminist Theory. Publicado por: The Johns Hopkins University Press, In: Theatre Journal, Vol. 40, No. 4 (Dec., 1988), pp. 519-531.

LACLAU & MOUFFE, Hegemonia e estratégia socialista – por uma política democrática radical. Editora: Intermeios, São Paulo, 2015.

QUIJANO, Aníbal. “Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina”. In: LANDER, Edgardo (Org.). A colonialidade do saber: eurocentrismo e ciências sociais. Perspectivas latinoamericanas. Buenos Aires: CLACSO, 2005. ____________. “Colonialidade e modernidade-Racionalidade”. In: BONILLA, Heraclio (org.) Os conquistados: 1492 e a população indígena das Américas. São Paulo Ed: HUCITEC, 2006.

SOMBRA, Laurenio Leite. “O escândalo da política brasileira: o sentido da desigualdade”. In: Revista Ideação, 32, Julho/Dezembro 2015a. Feira de Santana-BA, pag. 55-99.

____________. “Identidade dos sujeitos: linguagem, constituição de sentido e valor”. In: Revista Sísifo. Feira de Santana-BA, v. 1, n. 1, 2015b, pag. 95-114.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.