ENTRE NINA RODRIGUES E ARTHUR RAMOS DIÁLOGOS POSSÍVEIS

Wilton Alves Ferreira Júnior

Resumo


Entre as décadas de 1930 e 150 surge entre uma parte da elite intelectual a ideia de uma “Escola Nina Rodrigues”, uma vertente de pensamento e atuação intelectual da qual fizeram parte o próprio Nina Rodrigues, Afrânio Peixoto, Oscar Freire, Diógenes Sampaio, e Arthur Ramos, entre outros. E que produziram diversos discursos sobre a questão do negro, raça e cultura no Brasil. Na pesquisa desenvolvemos um percurso historiográfico sobre a chamada “Escola Nina Rodrigues” onde observamos as pertinências do uso dessa ideia, e, em um segundo momento um estudo de caso onde observamos as abordagens de Nina Rodrigues e Arthur Ramos sobre a questão dos “Negros Maometanos na Bahia”, e onde poderemos perceber como mais clareza as relações entre os dois autores.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, José D'Assunção. História Comparada - um novo modo de ver e fazer história. In: Revista de História Comparada. Junho 2007, v.1, n.1.

CERTEAU, Michel de. “A Operação Historiográfica”. In: A Escrita da História. Rio de Janeiro: Forense-Universitária, 1982, p.56-108.

CORREIA, Mariza. As ilusões da liberdade: a Escola Nina Rodrigues e a Antropologia no Brasil. Bragança Paulista, BP: EDUSF, 1998.

GUTMAN, Guilherme.. Raça e psicanálise no Brasil. O ponto de origem: Arthur Ramos. In: Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, v. 10, p. 711-728, 2007.

ORLANDI, Eni. Análise de Discurso: princípios e procedimentos. São Paulo: Pontes, 2001.

RAFAEL, Ulisses N. . O não dito na obra de Arthur Ramos. In: Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 24, p. 491-507, 2009.

REIS, João J. Os filhos de Alá na Bahia. In: Rebelião escrava no Brasil: A história do Levante dos Malês em 1835. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

SCHWARCZ, L. K. M.. O espetáculo das raças. Cientistas, instituições e pensamento racial no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

SOUZA, Thyago R. G. A epopeia do negro brasileiro: a produção da república dos palmares na escrita de Arthur Ramos. 2014. 223f. Dissertação (Mestrado em História) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.

SOUZA, Thyago R. G.. De Nina Rodrigues a Arthur Ramos: a reinvenção de Palmares nos “estudos do negro”. In: Temporalidades, v. 5, p. 161-180, 2013.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.