POLÍTICAS PÚBLICAS DE ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER NO TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA EM FEIRA DE SANTANA – BA

Camila Cursino Santos

Resumo


A atenção à saúde da mulher foi incorporada às políticas nacionais de saúde nas primeiras décadas do século XX, sendo limitada, nesse período, às demandas relativas à gravidez e ao parto. Com a evolução das mesmas, foi incluída a Atenção a mulher com câncer de mama. Essas políticas vêm sendo desenvolvidas no Brasil desde meados dos anos 1980 e foram impulsionadas pelo Programa Viva Mulher, em 1998 (BRASIL, 2004). O câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100mil mulheres para os anos de 2018 e 2019 em nosso país (INCA, 2018). Portanto, a justificativa para a realização deste estudo, é de possibilitar uma análise da atenção fornecida a esse público, contribuindo com a produção científica da área, com a formação de acadêmicos dos cursos de saúde, além de estabelecer estratégias de capacitação dos profissionais da rede para o atendimento à saúde da mulher com o diagnóstico de câncer de mama. Teve como objetivo, compreender o processo de implementação das políticas públicas no tratamento do câncer de mama em mulheres atendidas na Unidade de Alta Complexidade no Município de Feira de Santana- Bahia, no período de julho de 2017 a julho de 2018.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.