Índice CPOD em puérperas e gestantes no município de Feira de Santana: análise descritiva retrospectiva do período de 2005 a 2015

Liliane Brito de Oliveira

Resumo


A gravidez é uma condição sistêmica onde ocorrem mudanças fisiológicas múltiplas no organismo, destinadas a prepará-lo para o parto e amamentação, modificando o equilíbrio normal da cavidade bucal o que provoca um grande número de alterações bucais (ANDRADE, 2006; OLIVEIRA et al., 2006). As manifestações bucais associadas a tais alterações referem-se diretamente a fatores ligados à sua higiene, sendo as principais a cárie e a doença periodontal.
A cárie dentária é uma doença multifatorial influenciada por componentes da dieta, pela presença de uma microbiota cariogênica, de hábitos de higiene bucal e das características típicas do indivíduo (RODRIGUES et al., 2002). É uma doença que pode ser definida como uma destruição localizada dos tecidos dentários, causada pela ação bacteriana.
O tratamento odontológico pré-natal deve ser realizado durante toda a gestação, com intuito de diminuir focos de infecção na gestante que poderão levar a complicações gestacionais e alcançando assim a prevenção primária das principais doenças bucais (MENDONÇA JÚNIOR, 2010). Durante todo esse processo, ocorrem mudanças no organismo da mulher pelo aumento da quantidade de hormônios, alterando inclusive o equilíbrio da cavidade bucal (ARAÚJO et al., 2005). Além disso, a negligência em relação à higiene bucal pode aumentar o risco de desenvolvimento de cárie e doença periodontal.
Diante deste panorama, é importante fazer um estudo observando o índice de CPOD em gestantes, pois é um momento em que ocorrem várias alterações no organismo da mulher, modificando a cavidade bucal, diminuindo a qualidade de saúde bucal, e a doença cárie é uma das causas de reclamação de dor de dente em gestante. Assim, este trabalho tem como objetivo avaliar a evolução da condição dentária de gestantes/puérperas usuárias de serviços de saúde do município de Feira de Santana/BA, no período de 2005 a 2015, investigadas pelo Núcleo de Pesquisa, Prática Integrada e Investigação Multidisciplinar (NUPPIIM).


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i22.3864

Apontamentos

  • Não há apontamentos.