VIVÊNCIAS DE SOFRIMENTO MORAL NA PERCEPÇÃO DA EQUIPE CIRÚRGICA

Vanessa Torres Pereira

Resumo


Ser ético é inerente ao ser humano, é uma condição fundamental para se viver em uma sociedade, embora a conjectura ética não seja compreendida por todas as pessoas. Assim, faz-se necessário refletir acerca desse constructo para formação dos indivíduos, tanto no âmbito pessoal como no profissional (PEREIRA, 2016).
O Centro Cirúrgico (CC) se constitui em uma unidade hospitalar elegível para o desenvolvimento de intervenções cirúrgicas, bem como assistência a recuperação anestésica e ao pós-operatório imediato (BRASIL, 2002). Entendemos que os procedimentos cirúrgicos são desenvolvidos por uma equipe multiprofissional integrada e habilitada. Trata-se de um ambiente dotado de complexidade, onde os profissionais estão a todo tempo susceptíveis a situações conflituosas que envolvam aspectos éticos e morais (OLIVEIRA; SANTA ROSA, 2014).
Para Berger (2013, p. 395), o “Sofrimento moral é a dissonância cognitiva-emocional que surge quando se sente compelido a agir contra os próprios requisitos morais”. Assim, o sofrimento moral decorre de situações em que o profissional se sente pressionado a agir de uma forma em que se entenda como eticamente errônea.
Percebemos que os efeitos biopsicossociais que podem ser consequências do sofrimento moral estão relacionados a tristeza, impotência, ira e frustração. De acordo com Bresolin e outros (2016), os profissionais podem ainda manifestar a introspecção, pelo fato de receberem pouco, ou nenhum, apoio que os condicionem a encarar os conflitos morais.
Considero importante abordar neste estudo sobre a equipe cirúrgica, pois está exposta a vivenciar o sofrimento moral. Ela é responsável por prestar o cuidado direto ao paciente que está sendo submetido a procedimento cirúrgico, por isso a mesma deve ser integrada e habilitada, a fim de que tudo transcorra com eficácia e eficiência. Essa equipe é formada pelos seguintes profissionais: anestesista, cirurgião, auxiliar de cirurgia, instrumentador, enfermeiro e técnico de enfermagem.
Assim, este estudo propõe com objetivo geral conhecer as vivências de sofrimento moral na percepção da equipe cirúrgica e como objetivos específicos descrever e refletir as vivências de sofrimento moral na percepção da equipe cirúrgica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.