A CONCEPÇÃO DE VALOR-TRABALHO EM MARX

Jordania Barbosa Araújo

Resumo


O problema na determinação de um padrão de comensurabilidade do valor nas relações econômicas e sociais ganha destaque e relevo no seio de importantes teorias de grandes autores, seja sob o prisma essencialmente econômico seja pelo crivo filosófico, uma vez que os cálculos matemáticos não conseguem isoladamente transcrever as relações humanas, deste modo, torna-se evidente a necessidade de realizar uma investigação acerca das contribuições econômicas bem como filosóficas da teoria do valor-trabalho em Marx.
A investigação se propõe a percorrer os fundamentos que giram em torno da concepção valor-trabalho no âmbito filosófico. Deste modo, será necessário retomar as obras de Marx, especialmente O Capital, evidenciando e examinando suas principais reflexões e contribuições para a temática.
Neste sentido, será imprescindível adentrar no sistema de conceitos que Marx delineia para a sua teoria do valor, ressaltando o que subjazem a todas as acepções em uma rede própria de fundamentos, para que se possa tornar cristalina o papel da existência humana no interior da teoria do valor, na qual irá perpassar o ponto fulcral das teorias econômicas que é justamente a expressão das relações que se fundam em um contexto social no processo produtivo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.