Avaliação da Praticabilidade da Escala de Conforto para Familiares de Pessoas em Estado Crítico de Saúde (ECONF)

Lorenna Cerqueira Marques Bastos

Resumo


Quando se elabora um instrumento de medida é necessário que se tenha em mente o que se quer mensurar e como será possível fazer isto. Para ter essa certeza é preciso que se realize uma pesquisa exploratória com o objetivo de verificar questões que seriam referentes à problemática a ser pesquisada e qual seria a melhor maneira de obter indicadores sobre esse assunto (MARTINS, 2006).
A Scientific Advisory Committee of The Medical Outcomes (SAC) (2002), tem como objetivo garantir a discussão sobre essa temática de adaptação, adequação e validação de instrumentos com um modelo para avaliação através de um processo documentado por critérios baseados em normas já existentes e práticas evolutivas tanto na ciência comportamental como na saúde assim transformando em uma diretriz geral.
A praticabilidade é um dos critérios que auxilia na avaliação da qualidade de instrumentos, consiste em observar o tempo necessário para responder ao instrumento testado e avaliar facilidade na sua aplicação, além de analisar a adequação e clareza das questões (ALEXANDRE e COLUCI, 2011). De modo geral problemas de praticabilidade incluem: problemas com a administração, como tempo disponibilizado para respostas muito curto ou numero de itens excessivo; instruções complicadas e as descrições dos item confusas, gerando problemas com a interpretação das perguntas e registro na pontuação (COLLUCI, ALEXANDRE, 2009).
A fim de avaliar o nível de conforto de familiares de pessoas hospitalizadas em uma unidade de terapia intensiva Freitas (2011) construiu um instrumento que permite esta avaliação, o mesmo foi denominado como a Escala de Conforto para Familiares de Pessoas em Estado Crítico de Saúde (ECONF), empregando procedimentos teóricos e empíricos para a elaboração de itens. Esse constructo revelou-se como um fenômeno
multidimensional, pois apresenta dimensões de Segurança, Suporte e Interação familiar e ente, Integração consigo e com o cotidiano. Esta escala foi validada em hospitais públicos do estado da Bahia, através de análises das suas propriedades psicométricas de confiabilidade e validade de construto.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.