OBTENÇÃO DE EXTRATOS NATURAIS A PARTIR DE ANTOCIANINAS PRESENTES EM FOLHAS, FRUTAS E FLORES NA FABRICAÇÃO DE PAPEL INDICADOR DE pH

Sheminy de Freitas Zahreddine

Resumo


Os indicadores ácido-base ou indicadores de pH são substâncias orgânicas fracamente ácidas (indicadores ácidos) ou fracamente básicas (indicadores básicos) que apresentam cores diferentes para suas formas protonadas e desprotonadas; ou seja, mudam de cor em função do pH (TERCI E ROSSI, 2002). Diversas espécies de plantas, flores e frutas possuem substâncias coloridas em sua seiva que mudam de cor conforme o pH do meio em que estão inseridas, sugerindo que tais espécies podem agir como indicadores ácido-base. Uma alternativa para ensinar a técnica de titulação em aulas práticas é a utilização de corantes naturais que possuem a capacidade de mudar de cor quando varia o pH (CUCHINSKI, CAETANO E DRAGUNSKI, 2010).
Vários indicadores naturais ácido-base extraídos de partes das plantas já foram descritos na literatura como indicadores de pH, dentre os quais o mais enfatizado é o extrato do repolho roxo. Esta mudança de cor dos extratos obtidos de plantas pode estar relacionada à presença de antocianinas que exibem coloração diferente dependendo do meio em que estão inseridas, sugerindo que esses extratos podem ser utilizados como indicadores naturais ácido-base (UCHÔA et al., 2016).
Atualmente, sabe-se que as antocianinas (pigmentos da classe dos flavonóides) são responsáveis pelas cores azul, violeta, vermelho e rosa de diversas flores e frutas (TERCI E ROSSI, 2002). A palavra antocianina é de origem grega (anthos, uma flor, e kyanos, azul escuro). Depois da clorofila, o grupo mais importante de pigmentos de origem vegetal é o das antocianinas, que compõem o maior grupo de pigmentos solúveis em meio aquoso do reino vegetal e são encontradas em maior quantidade nos grupos dos vegetais angiospermas (UCHÔA et al., 2016).
As variadas cores exibidas pelos vegetais que contêm antocianinas dependem da influência de diversos fatores, como a presença de outros pigmentos, de quelatos com cátions metálicos e o pH do fluído da célula vegetal (TERCI E ROSSI, 2002).
O objetivo desse trabalho foi pesquisar o uso de fontes naturais, principalmente flores, ricas em antocianinas para posterior fabricação de indicadores ácido-base, a partir da mudança de coloração que tais pigmentos apresentam em diferentes pHs.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.