AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA DA SUB-BACIA DO RIO ORICÓ, APA DO PRATIGI

Simão Mascarenhas Fernandes

Resumo


A água é um recurso indispensável para a vida na terra, é um bem de domínio público e recurso natural limitado. A qualidade da água é de imensa importância, e saber as informações sobre a mesma é relevante para a compreensão dos processos ambientais. A atividade humana é diretamente responsável no que se diz respeito à manutenção do meio ambiente, em especial o corpo hídrico, uma vez que esse vem sofrendo bastante nos últimos anos (Parron et al., 2011). Boa parte da contaminação de rios e nascentes se dá pela proximidade destes ao perímetro urbano e/ou de atividades desenvolvidas pelo homem, a falta de estrutura de saneamento em localidades, o uso desencadeado de defensivos agrícolas e rejeitos descartados pelas indústrias de maneira indevida são alguns dos colaboradores para a contaminação em massa de corpos hídricos em todo mundo. As consequências desses atos causam um alto impacto ambiental, uma vez que todo aquele ecossistema é atingido, e nele estão a flora e fauna presentes. A contaminação do corpo hídrico pode deixar a água e a biota existente inapropriada para consumo, por isso é importante o monitoramento para verificação dos níveis de substâncias orgânicas e inorgânicas não desejáveis em alto nível e sedimentos no corpo hídrico, uma vez que a consumo de água ou organismos contaminados, pode causar sérios danos tanto ao homem ou animal que vier a realizar o consumo. A Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi está localizada no Baixo Sul do estado da Bahia abrangendo os municípios de Ituberá, Nilo Peçanha, Piraí do Norte e Ibirapitanga, possui Clima Tropical chuvoso de floresta (OCT,2004), nela está o Rio Oricó, importante rio da região responsável pelo abastecimento de milhares de moradores, o mesmo pertence à baía do Rio de Contas e tem como afluentes o Rio dos Gatos, Buri, Burizinho e Rio Pitio. Por se tratar de um rio de grande importância para a região, estudos são necessários para que se possa monitorar a qualidade de todo o corpo hídrico, pela relevância que o mesmo tem e o quanto vem sofrendo com poluição e estiagem nos últimos anos. O local foi escolhido para o desenvolvimento do presente projeto, que visa à realização de atividades que vão desde a coleta em campo de amostras de água do rio, até a análise e tratamentos de dados dos resultados encontrados, assim sendo possível a interpretação geoquímica perante os resultados e pesquisas realizadas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i22.4040

Apontamentos

  • Não há apontamentos.