Intervenção no Rio São Francisco: melhoramento para navegação

Ítala Rayane de Castro Machado

Resumo


Com o intuito de facilitar as transações de mercadorias e pessoas, a ideia do governo era criar nas regiões relacionadas com o vale do Rio São Francisco um amplo sistema geral de transporte utilizando as vias de comunicação fluvial, ferroviária e terrestre, criando assim um grande sistema de comunicação e transporte.
Esse melhoramento foi feito pela Comissão de Melhoramento do Rio São Francisco (CMRSF), que em primeiro instante foi composta por: Antonio Plácido Peixoto do Amarante, engenheiro chefe; Theodoro Fernandes Sampaio, 1º engenheiro; Albuquerque F Ramos, condutor; João Emiliano Amarante, engenheiro; Evaristo Galvão Filho, engenheiro auxiliar, Foligonio Magalhães de Souza e Moisés Deschaps de Montmorencey (desenhistas) e Reginaldo Candido da Silva, engenheiro auxiliar. (Costa, 2013, p. 187)
As atividades da CMRSF iniciaram em 1883 com serviços tais como: sondagens, levantamentos de plantas, nivelamento e determinação da velocidade das correntes marítimas, seguida com serviço de desobstrução e da construção de diques.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i22.4099

Apontamentos

  • Não há apontamentos.