AS LEXIAS NO CAMPO LÉXICO DA AFETIVIDADE NOS 50 CAUSOS SERTANEJOS DE EULÁLIO MOTTA

Natiele de Jesus Bastos

Resumo


A afetividade é presença constante em nossa vida e exerce um papel relevante no desenvolvimento humano, de maneira que, o léxico afetivo em suas diversas formas de significar e construir sentidos se faz frequente nas relações sociais. O objetivo deste trabalho foi a catalogar o vocabulário da afetividade presente nos 50 causos sertanejos de Eulálio Motta. A pesquisa consistiu num recorte de um projeto muito mais amplo intitulado “Edição das obras literárias inéditas de Eulálio Motta IV fase” que segue viabilizando estudos em diversas vertentes como o estudo dos males sertanejos e o vocabulário da ditadura militar. Trata-se de uma pesquisa exploratória de caráter qualitativo e quantitativo, baseada na teoria dos campos lexicais de Eugênio Coseriu (1967), nas disposições sobre afetividade Wallon (1941/2007), Damásio (2011, 2004,1996) e Lebrun (1987), nos conceitos de lexicologia e lexicografia de Guimarâes (2010), Biderman (2001) e na proposta de apresentação de vocabulários de Barreiros (2016). A partir dos resultados encontrados foram catalogadas as lexias que, por sua vez, puderam ser classificadas nas divisões da afetividade propostas por Damásio (2011, 2004,1996) e Lebrun (1987).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.