AVALIAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO ENTRE OS CONSTITUINTES DO SOLO E A PRESENÇA E VIABILIDADE DE OVOS DE TOXOCARA Spp

Priscylla Marcelly Vilanova Oliveira

Resumo


Entre as infecções parasitárias que acometem os animais domésticos e o homem, aquelas causadas pelos ascarídeos Toxocara spp. estão entre as mais prevalentes no Brasil (SANTARÉM et al., 2011). Estes ascarídeo têm nos cães e gatos seus principais hospedeiros, mas a eliminação de ovos viáveis extremamente resistentes às condições ambientais nas fezes destes carnívoros, cria a chance de contaminação de outros animais, incluindo o homem, pela ingestão de solo, água e alimentos contaminados por ovos dos parasitos.
Entre as características do ambiente que podem influenciar a recuperação de ovos de Toxocara spp., a constituição do solo foi examinada por Lima et al. (2007), Cassenote (2010) e Paller et al. (2014) encontraram mais ovos em áreas de solo arenoso. Este tipo de solo permite uma maior penetração dos ovos no solo, que ficariam então protegidos da dessecação (MIZGAJSKA-WIKTOR; UGA, 2006). O estudo caracterizou-se para verificar a associação entre a contaminação do solo por Toxocara spp e características geoquímicas do solo, representadas pela presença de elementos-traço e a composição de argilas, e o índice de vegetação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.