A REALIZAÇÃO DE /t, d/ DIANTE DE [i] NO INTERIOR DO MARANHÃO: ANÁLISE DE DADOS DO PROJETO ATLAS LINGUÍSTICO DO BRASIL (ALiB)

Silvanete Silva dos Santos

Resumo


O presente trabalho é de cunho geo-sociolinguístico, predominantemente descritivo, e buscou analisar, de acordo com o quadro teórico-metodológico da Dialetologia e da Sociolinguística, as formas de realização dos fonemas /t, d/ diante de [i] na fala popular de Imperatriz (MA) e de Alto Parnaíba (MA) e seus condicionamentos. Essas consoantes podem ser articuladas como palatais ou como dento-alveolares em palavras como, por exemplo, tia, dia (com vogal /i/ fonológica), parte, desde (com vogal [i] derivada). O corpus para a realização deste trabalho foi disponibilizado pela equipe do Projeto Atlas Linguístico do Brasil (Projeto ALiB), sediado na Universidade Federal da Bahia (UFBA), que realizou entrevistas a 1100 informantes, em 250 localidades do País, oito em cada capital e quatro em cada cidade do interior. Para as entrevistas, foram aplicados um questionário fonético-fonológico, um questionário semântico-lexical e um questionário morfossintático, além de questões de pragmática, de discursos semidirigidos (nos quais há relatos pessoais), de perguntas metalinguísticas e de um texto para leitura. Seguindo a metodologia do Projeto ALiB, os falantes foram estratificados pelos dois sexos e por duas faixas etárias (18 a 30 anos e 50 a 65 anos), todos com escolaridade de Ensino Fundamental. Os dados, após ouvidos e transcritos foneticamente, foram codificados e processados pelo programa GoldVarb X, a partir do controle de variáveis linguísticas (natureza da consoante, natureza da vogal, posição da sílaba, tonicidade da sílaba, vogal antecedente, consoante antecedente, nasalidade da vogal, classe de palavra) e extralinguísticas (cidade, sexo, faixa etária, tipo de registro). Procedeu-se, então, à análise qualitativa dos resultados estatísticos encontrados. A
pesquisa revelou que as comunidades maranhenses estudadas caracterizam-se pela realização palatal de /t, d/ diante [i], pois, de um total de 2106 dados, houve apenas sete (0,3%) da realização dento-alveolar, seis em Alto Parnaíba (atacante, lanchonete, prateleira, vontade, diferente, diferença) e apenas um em Imperatriz (dente).


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i22.4119

Apontamentos

  • Não há apontamentos.