EDIÇÃO COM USO DO EDICTOR DE MANUSCRITOS BAIANOS OITOCENTISTAS: ATAS, CARTAS E PROCURAÇÕES

Emília Carneiro dos Santos

Resumo


As concepções históricas da língua retomaram ao foco das pesquisas linguísticas no final do século XX, junto com o advento das tecnologias, as quais expandiram os recursos para a edição de textos, documento essencial para as pesquisas históricas. Entretanto, também fizeram surgir a necessidade de ampliação de um corpus linguístico para fundamentar uma pesquisa científica. É dentro das perspectivas das Humanidades Digitais e de seu congraçamento com a filologia que surge a possibilidade de responder a exigências da constituição de um corpus linguístico: entre outras, a preservação do material original e a fidelidade ao texto primário (PAIXÃO DE SOUSA, 2009), através da criação de ferramentas computacionais, como o eDictor.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i22.4125

Apontamentos

  • Não há apontamentos.