NÍVEIS DE CORTISOL SALIVAR E ESTRESSE EM INDIVÍDUOS COM LÍQUEN PLANO BUCAL: UM ESTUDO DE CASO CONTROLE

Izana Santos Borges Nascimento

Resumo


Líquen Plano (LP) é uma doença mucocutânea inflamatória crônica, de etiologia incerta, que pode afetar pele e ou mucosas, sendo a mais comum das alterações dermatológicas com manifestações bucais, quando é chamado de Líquen Plano Bucal (LPB) (Ma et al., 2013; Payeras et al., 2013).
Estudos têm sido realizados para investigar os fatores capazes de desencadear ou agravar o LPB, com especial atenção aos fatores psicológicos (Vallejo et al. 2001; Lundqvist et al. 2006; Silva et al. 2007; Tawil, Sediki, Hassan 2009; Scattarella et al. 2011). Como estes fatores não são facilmente mensuráveis, algumas pesquisas têm utilizado testes psicológicos buscando quantificar e comprovar a relação entre o LPB e alterações comportamentais, visto que indivíduos com a doença geralmente apresentam-se mais estressados (Soto Araya, Rojas, Esguep, 2004; Gavic et al. 2014; Sandhu et al. 2014). Assim, pretende-se com este estudo avaliar o estresse e o padrão de secreção do cortisol salivar em indivíduos com LPB, a fim de compreender a relação entre a doença e este fator psicológico.




DOI: http://dx.doi.org/10.13102/semic.v0i22.4137

Apontamentos

  • Não há apontamentos.