Perfil de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual periciados no Instituto Médico Legal em Feira de Santana, Bahia

Wanessa Oliveira Rosario

Resumo


A violência consiste num grande problema de saúde pública a nível mundial com diferentes manifestações, permeadas por aspectos culturais, sociais e econômicos, que provocam grande impacto na morbidade e mortalidade da população (COSTA, 2012). Entre os grupos mais vulneráveis a sofrer violência, destacam-se as crianças e os adolescentes, podendo ser atribuído muitas vezes à condição de dependência física, emocional e financeira dos genitores ou responsável (SENA et al 2018).
Dentre os principais tipos de violência, especialmente na infância e adolescência destaca-se a violência sexual, que é caracterizada como toda situação onde uma criança ou adolescente é usado por um adulto ou adolescente mais velho, para fins sexuais, podendo ser na forma de abuso ou exploração, com diferentes manifestações (COSTA et al., 2007; SILVA et al., 2016).
As pericias médico-legais de lesão corporal são de grande valor nos casos de abuso sexual, tanto para a comprovação do crime como para a identificação e responsabilização do agressor. O Instituto Médico Legal (IML) é o órgão público de referência para a constatação de qualquer tipo de ofensa à integridade da pessoa humana, encaminhada pela delegacia, ao que compete a produção da prova médico-legal e tipificação do crime. (BEZERRA, 2014; DREZETT et al., 2011; SOUZA, 2009).
Nesse sentido, o levantamento de informações no IML sobre crianças e adolescentes vitimizados sexualmente no município de Feira de Santana em 2014 poderá trazer benefícios para os indivíduos da pesquisa e a comunidade em geral e científica, contribuindo para o conhecimento e a redução dos indicadores de morbimortalidade no município, considerando que há uma escassez de dados que corroborem para criação de medidas intervencionistas para o problema em questão. Este estudo tem como objetivo traçar o perfil de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual periciadas no IML de Feira de Santana em 2014.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.